Funcionamento do Prêmio Nobel

0

Saumíneo Nascimento (Foto: Arquivo Portal Infonet)

Agora no mês de outubro teremos mais uma vez por seguidos dias a partir do dia 07, anúncios dos ganhadores do Prêmio Nobel. A sequência será a seguinte: no dia 07 conheceremos o ganhador do prêmio de medicina, no dia 08 o ganhador do prêmio de física, no dia 09 o ganhador do prêmio de química, no dia 11 o prêmio da paz, no dia 14 o prêmio de economia e depois o de literatura.

Esta honraria e reconhecimento marca eternamente qualquer pessoa, sendo uma das maiores conquistas almejadas por qualquer cientista. O prêmio surgiu da vontade de Alfred Nobel que deixou em testamento que destinassem parte de sua riqueza para o estabelecimento de um prêmio destinado para aqueles que, durante o ano anterior, conferissem grande benefício para a humanidade.

Alfred Nobel (1833-1896) nasceu em Estocolmo, Suécia, em 21 de outubro de 1833. Sua família era descendente de Olof Rudbeck, o mais conhecido gênio técnico, na Suécia, no século 17, numa época em que a Suécia era uma grande potência do norte da Europa. Nobel era fluente em várias línguas, e escrevia poesia e drama. Nobel também estava muito interessado em questões sociais e relacionadas com a paz, os  interesses de Alfred Nobel são refletidos no prêmio que ele estabeleceu.

Neste breve ensaio abordarei além de aspectos gerais e estatísticas do prêmio Nobel, detalhes mais específicos do prêmio que surgiu por último, o de Ciências Econômicas.

Do ponto de vista de país de nascimento dos laureados com o Prêmio Nobel, os Estados Unidos possuem o maior número de ganhadores foram 247 de 1901 até o ano de 2012; o Brasil por enquanto não teve nenhum laureado, registre-se que até o ano de 2012 tivemos 862 pessoas laureadas com o Prêmio Nobel.

As mulheres já foram contempladas com o prêmio Nobel 44 vezes, ressaltando-se que Marie Curie foi homenageada duas vezes, em 1903 com o Prêmio Nobel de Física e em 1911 com o Prêmio Nobel de Química, isso significa que 43 mulheres já foram agraciadas com o Prêmio Nobel entre 1901 e 2012, ou seja, aproximadamente 5% dos ganhadores.
Uma das curiosidades é a de que 07 laureados possuem pais que também já ganharam o prêmio; os irmãos Jan Tinbergen (Ciências Econômicas em 1969) e Nikolaas Tinbergen (Medicina em 1973) foi um caso de irmãos ganhadores e tem-se também a ocorrência de um casal ganhador de Prêmio Nobel – Gunnar Myrdal (Ciências Econômicas em 1974) e Alva Myrdal (Prêmio  Nobel da Paz em 1982). Os ganhadores de prêmio Nobel mais jovens são os de física e os ganhadores mais velhos são os de economia. O mais jovem a ganhar um Prêmio Nobel foi Lawrence Bragg aos 25 anos que ganhou o Prêmio  Nobel de física e; o mais velho a ganhar um Prêmio Nobel foi Leonid Hurwicz ganhou o Nobel de Economia aos 90 anos de idade e, até 2012, 49 laureados tinham menos de 40 anos.

Em 1968, o Sveriges Riksbanck (Banco Central da Suécia) criou o Prêmio de Ciências Econômicas em memoria a Alfred Nobel, criador do Prêmio Nobel. O prêmio é baseado em uma doção recebida pela Fundação Nobel em 1968 por ocasião do 300º aniversário do Sveriges Riksbank.  A indicação para o Prêmio Nobel de Economia é apenas por convite e os nomes dos candidatos e outras informações  sobre as nomeações não podem ser revelados até 50 anos mais tarde. A Real Academia Sueca de Ciências é a responsável pela seleção do Nobel em Ciências Econômicas entre os candidatos recomendados pelo Comitê do Prêmio de Economia. O Comitê é o órgão de trabalho que analisa as candidaturas e seleciona os candidatos finais, ele é composto por apenas cinco membros que recebem indicações de cerca de 3.000 especialistas espalhados pelo mundo.  O primeiro Prêmio Nobel de Economia foi atribuído a Ragnar Frisch e Jan Tinbergen, em 1969.

Desde 1969 até 2012 foram concedidos 44 prêmios, sendo 22 prêmios concedidos a somente um laureado, 17 prêmios foram concedidos a dois laureados e 5 prêmios foram concedidos a três laureados, chegando-se a um total de 71 ganhadores do Prêmio Nobel de Economia. A idade média dos laureados em Ciências Econômicas é de 67 anos, porém a faixa etária mais frequente é de 60-64, sendo que o mais jovem ganhador do Prêmio Nobel de Economia foi Kenneth Arrow aos 51 anos em 1972; já o mais velho ganhador foi Leonid Hurwicz, que tinha 90 anos quando foi premiado em 2007.

Nunca houve prêmios póstumos em Ciências Econômicas, pois a partir de 1974, os estatutos da Fundação Nobel estabeleceram que o prêmio não pode ser concedido a título póstumo, a não ser que a morte tenha ocorrido após o anúncio do prêmio. Antes de 1974, o Prêmio Nobel só foi concedido postumamente duas vezes a Dag Hammarskjold (Prêmio Nobel da Paz em 1961) e Erik Axel karfeldt (Prêmio Nobel de Literatura em 1931).

Ressalte-se que os cientistas em todos os diferentes estágios de suas carreiras buscam inspiração nos insights dos laureados no Prêmio Nobel, observando-se  como eles descrevem os seus primórdios na escolha de um campo de pesquisa, como usam a criatividade e a persistência necessária e a alegria no uso da ciência em benefício da humanidade.

(1)     Economista, Mestre e Doutor em Geografia pela UFS

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais