Funcionários da Emurb paralisam por falta de pagamento

0
Trabalhadores cobram pagamento (Fotos: Portal Infonet)

Os funcionários das operações de rua da Empresa Municipal de Obras e Urbanização (Emurb) não saíram da garagem nesta quinta-feira, 7. O motivo da paralisação, segundo um dos líderes sindicais, é a falta de pagamento dos salários, vale-transporte e ticket alimentação. Os serviços só serão retomados quando houver o depósito na conta dos trabalhadores.

A decisão de não sair da garagem foi deliberada pela maioria dos trabalhadores, em assembleia na manhã desta quinta-feira. Segundo Claudio Leite, o problema com o atraso dos salários vem se repetindo. “No mês passado ocorreu a mesma coisa. Hoje de manhã o diretor de operações pediu um voto de confiança afirmando que o dinheiro entraria hoje, mas os trabalhadores decidiram mesmo assim paralisar, porque é uma situação recorrente”, afirmou o sindicalista.

Com a interrupção no trabalho, os serviços de rua da Emurb como tapa-buraco, drenagem de bocas de lobo e locais com água acumulada e manutenção das vias ficam suspensos.

Emurb

Cláudio Leite cobra pagamento

Caminhões parados

A assessoria de comunicação da Emurb informou que aguarda o repasse das verbas da Secretaria de Finanças do município para então depositar os salários dos funcionários. O setor confirmou que os serviços de ruas ficam em torno de 70% comprometidos, mas garante que assim que receber os valores, de imediato efetuará os pagamentos.

Por Ícaro Novaes e Aisla Vasconcelos

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais