Governo economizará no abastecimento de veículos com óleo diesel

0

Governo pretende economizar com óleo diesel
O Governo de Sergipe vai economizar no abastecimento de óleo diesel para a frota estadual de veículos. Com a baixa dos preços do petróleo, a Secretaria da Administração (Sead) conseguiu negociar a redução do preço do óleo diesel nos postos de abastecimento. A redução de R$ 0,155 por litro abastecido entra em vigor já no mês de junho e vai trazer uma economia de R$ 45 mil por mês para os cofres públicos.

A redução ocorreu após negociação da Superintendência Geral de Compras Centralizadas (SGCC/Sead) com a BR Distribuidora, que fixou o preço do litro do óleo diesel nos postos em R$ 1,842. Até o final do ano, devem ser economizados mais de R$ 300 mil. Atualmente, os veículos da frota estadual consomem uma média de 285 mil litros por mês.

A redução dos gastos com consumo de combustíveis atende a um plano de ação do Gerenciamento Matricial de Despesas (GMD). O programa, liderado pela Sead e executado por outras secretarias de Estado como Educação e Segurança Pública, tem o objetivo de reduzir despesas administrativas e estimular boas práticas de gestão.

“A redução de despesas administrativas e a modernização da gestão pública são metas essenciais do Governo de Sergipe. Estamos trabalhando para que a administração estadual transforme esses recursos economizados em ações que beneficiem diretamente a população”, afirmou o secretário de Estado da Administração, Jorge Alberto

Outras ações

Desde o início de 2007, a Gerência de Controle de Frota da Sead tem desenvolvido outras ações para otimizar o consumo de combustível da frota de veículos do Governo de Sergipe. Entre elas, destacam-se a instalação de chips eletrônicos em quase 100% dos veículos, próprios e locados, e a utilização de adesivos para identificação da frota estadual.

Essas medidas, somadas a um trabalho de conscientização e capacitação de servidores que atuam no controle das frotas estaduais, resultaram em uma economia de mais de 20% no consumo geral de combustíveis. “Com a instalação dos chips, prevenimos o uso indevido de combustíveis e identificamos os veículos que apresentavam problemas no consumo”, declarou o secretário Jorge Alberto.

Fonte: ASN

Comentários