Governo vai recorrer da decisão que permite barbearia funcionar

0
PGE já pediu suspensão dos efeitos da liminar no STF (Foto: arquivo Portal Infonet)

A Procuradoria-Geral do Estado já apresentou uma medida judicial no Supremo Tribunal Federal (STF) para tentar suspender os efeitos da decisão do Tribunal de Justiça de Sergipe, que concedeu liminar favorável para que uma barbearia pudesse funcionar, em Itabaiana, mesmo com decreto que proíbe esse tipo de estabelecimento de funcionar durante a pandemia da Covid-19.

Segundo a PGE, o recurso com os argumentos do Estado para tentar derrubar a liminar será interposto ainda nesta semana no próprio TJ/SE. Para o Governo, a reabertura dos estabelecimentos considerados não essenciais não é cabida, nesse momento, podendo estimular a saída das pessoas de casa em um momento em que o isolamento social é recomendado.

No entendimento do juiz, conforme especificou no texto da decisão, estabelecimentos como barbearia, desde que cumpram critérios de higiene e controle de acesso, representam até menos riscos de contágio do que supermercados.

Sergipe tem, atualmente, 3343 casos da Covid-19 e 57 óbitos confirmados.

Por Ícaro Novaes

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais