Greve BNB: Servidores fazem ato na agência central

0

Servidores se concentraram na área de estacionamento do BNB Centro (Fotos: Jorge Monteiro/DRT SE 246)

Funcionários do Banco do Nordeste do Brasil (BNB) se concentraram na porta da agência localizada à rua Itabaianinha, Centro de Aracaju, na manhã desta terça-feira, 25. A categoria não encerrou a greve juntamente com os servidores da Caixa Econômica, dos bancos particulares e do Banese por não aceitar a proposta apresentada pela instituição financeira.

Segundo o Sindicato dos Bancários de Sergipe, a proposta do BNB não contempla a Isonomia, não corrige o Plano de Cargos e Remuneração e nem corrige piso e /ou curva salarial como acontece nos bancos privados, no BRB, no Banco do Brasil e na Caixa Econômica Federal de Sergipe.

“O BNB insiste em continuar dando tratamento diferenciado aos seus funcionários, o Plano de Cargos e Remuneração é uma vergonha e a proposta do banco apresenta retrocessos em relação aos dias parados. Queremos respeito ao legítimo direito de greve, Os trabalhadores do BNB estão sendo tratados com discriminação pelo Governo Federal”, ressalta o presidente do sindcato, José Souza.

Em destaque, os ingredientes do 'Bolo da Isonomia'

A concentração dos banebeanos nesta manhã teve por finalidade, acompanhar a reunião do Departamento de Coordenação e Governança das Empresas Estatais. Na ocasião, foi servido o ‘Bolo da Isonomia’, que segundo a categoria, os ingredientes teriam sido: PCR, Piso, PLR Social e Não Descontos dos dias parados por conta da greve que teve início em setembro.

Por Aldaci de Souza
Com informações do Sindicato dos Bancários

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais