Guardas municipais reclamam de corte nos benefícios

0
Ricardo (Sigma), reclama de corte de benefícios (Foto: Arquivo Portal Infonet)

Guardas municipais estão na bronca com a Prefeitura de Aracaju, alegando que a categoria recebeu um pacote de medidas prejudiciais, a exemplo da falta de pagamento de alguns benefícios, entre eles, a retirada de horas extras, não pagamento da promoção de GM2, terço das férias, etc.

O presidente do Sindicato dos Guardas Municipais de Aracaju (Sigma), Ricardo Silva, afirmou que a categoria não está recebendo ainda o terço de férias e a titulação de alguns profissionais. “Sem contar que estão descontando errado o Ipesaúde. Já estivemos na Prefeitura para buscar explicações e a secretária Georlize disse que houve um equívoco e estaria buscando fazer a correção em uma folha suplementar. A verdade é que mais uma vez a Prefeitura de Aracaju causa vários transtornos para os guardiões”, lamenta o sindicalista.

Georlize Teles: "A carreira da Guarda Municipal é a que mais tem sido olhada"

Ao Portal Infonet, a secretária de Defesa Social e Cidadania, Georlize Teles, explicou na manhã desta sexta-feira, 6, que o equívoco não ocorreu apenas com o pessoal da Guarda Municipal.

“Eu já expliquei ao Sindicato da Guarda que foi um problema que ocorreu com vários servidores, inclusive, eu tenho outro setor que é o único que ganha hora extra [o da Junta Militar que trabalha até às 15h] e não recebeu. Todas as promoções atrasadas da Guarda, todas saíram. A de GM2 foi a única que não foi publicada, mas já ocorreu. Tinham promoções de 2005, 2006, 2008 que não tinham sido feitas e foi pago quase um milhão de reais de retroativo e promoção da Guarda. Se tem uma carreira que tem sido olhada e atendida é a de Guarda Municipal. Óbvio que todo servidor quer melhoria e a gente reconhece que deve melhorar, mas até a retroatividade dos ex-prefeitos Marcelo Déda e Edvaldo Nogueira, nós pagamos”, enfatiza.

Por Aldaci de Souza

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais