Hora extra: patrôes e empregados não entram em acordo

0
Ronildo espera mesmos benefícios ao pessoal de concessionárias (Foto: Arquivo Portal Infonet)

A Federação dos Empregados no Comércio e Serviços de Sergipe (Fecom/SE) diverge do Sindicato dos Concessionários de Veículos do Estado (Sincodiv/SE) quanto à compensação das horas extras. Esse impasse se arrasta desde o ano passado, impedindo, segundo o sindicato dos empregados, o fechamento da Convenção Coletiva de Trabalho 2012/2013 e 2013/2014.

A rodada de negociação que aconteceu quinta-feira, 18, com intermédio da Superintendência Regional do Trabalho e Emprego, acabou mais uma vez sem acordo entre as partes. O presidente da Federação dos Comerciários, Ronildo Almeida, reclama da posição da classe patronal. “O processo de negociação vem desde 2012 e o ponto mais polêmico da proposta é a compensação de hora”, afirma Ronildo Almeida.

Uma nova rodada de negociação está marcada para a próxima semana. Nessa reunião, os trabalhadores esperam garantir as mesmas conquistas que os empregados dos demais setores do comércio. O acordo deste ano garantiu reajuste salarial de 9% para o piso salarial da categoria, além de 8% de reajuste e mais 6% de produtividade para aqueles com remuneração superior ao piso salarial.

Com informações da Ascom Fecom/SE

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais