Impasse com salário mantém terceirizados em greve na Petrobras

Parte dos trabalhadores terceirizados da Petrobras, que atua na manutenção de sondas, está em greve há nove dias em Sergipe. Eles estão reivindicando reajuste salarial de 12% da empresa, entre outros benefícios. Nesta quarta-feira, 31, está prevista uma audiência de conciliação no Tribunal Regional do Trabalho (TRT) entre empresa e trabalhadores para solucionar o impasse.

Confira a matéria no vídeo:

 

Nossa reportagem tentou contato com a empresa Conterp, responsável pelo vínculo com os trabalhadores, mas nossas ligações não foram atendidas.

Já a Petrobras informou que não interfere nas negociações entre as empresas que prestam serviço para a estatal e seus funcionários, sendo, inclusive, proibido qualquer tipo de intervenção. A Petrobras também acrescentou que compete a si, apenas a fiscalização da execução do serviço previsto no contrato.

A matéria foi alterada às 18h11 para acréscimo de nota enviada pela Petrobras.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais