Imposto de Renda 2020: Sergipe tem 3881 contribuintes na malha fina

0
Contribuintes podem resolver a situação pelo portal eCAC. (Foto: Receita Federal)

O estado de Sergipe tem um total de 3.881 contribuintes na malha fiscal referente às declarações de Imposto de Renda apresentadas em 2020, de acordo com dados da Receita Federal. Os casos de declarações retidas aconteceram, sobretudo, por conta de omissão de rendimentos e deduções de despesas.

De acordo com Nilson Lima, supervisor do Programa do Imposto de Renda em Sergipe, o contribuinte que caiu na malha fina deve procurar sua declaração para solucionar a situação. “A primeira orientação é o contribuinte consultar sua declaração no atendimento virtual da receita. Lá ele vai buscar a declaração e vai consultar o extrato, que informa qual o tipo de pendência e o que deve fazer para corrigir.”, diz o supervisor.

Além da malha fiscal, Sergipe tem 508 pessoas na malha decorrente de cadastro e outras 473 na malha de débito. Os contribuintes podem corrigir suas declarações até o momento da intimação ou notificação. “Se o contribuinte reconhece a informação que está na base da receita, ele vai retificar a declaração. Aí a declaração sai da malha. Mas se não concordar, tem dois caminhos. Solicitar uma antecipação de análise da malha ou aguardar ser intimado por um auditor da Receita Federal para apresentar a documentação correspondente. Resolve-se simplesmente apresentando uma declaração retificadora, antes da intimação”, completa Nilson.

Ao todo, 111.104 contribuintes tiveram a restituição do Imposto de Renda em Sergipe nas declarações de 2020, totalizando um crédito de R$ 201.817.676,90.

Por Milton Filho e Aisla Vasconcelos

Comentários