Jucese e Care se unem em prol do meio ambiente

0
(Foto: Ascom)

Falar sobre sustentabilidade deixou de ser apenas um modismo. Esse já é um tema relevante inclusive na agenda de órgão públicos e privados. Ciente disso, os diretores da Junta Comercial do Estado de Sergipe (Jucese) decidiram dar uma finalidade às dezenas de folhas de papel que resultam da prestação de serviços do órgão.

Para isso, acionou a Cooperativa dos Agentes Autônomos de Reciclagem de Aracaju (Care), que já realiza este trabalho. “Nós temos parcerias importantes com grandes órgãos, o que tem nos ajudado bastante e evitado o descarte de papel de forma irregular”, afirma Amanda Bispo, uma das cooperadas que atuam na Administração da Cooperativa.

De acordo com ela, depois da separação, os papéis vão para a área de trituração, para, só depois, serem prensados e comercializados (eles vendem diretamente para uma fábrica que fica no Interior do Estado). “Para nós, é muito melhor, pois não temos atravessador e acabamos tendo condições para manter a Cooperativa”, ressalta.

O trabalho da Care é atual e muito importante, pois dá uma nova finalidade a materiais que, geralmente, iriam para o lixo. “É muito gratificante poder fazer algo pelo meio ambiente e pela conscientização da população. Precisamos nos adaptar para, assim, colaborarmos positivamente para a criação de uma nova postura diante das demandas comerciais e ambientais”, argumenta George Trindade, presidente da Jucese.

Fonte: Ascom

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais