Jucese implanta novo sistema de integração de órgãos e entidades

0

Reduzir a burocracia na legalização de empresas e na simplificação dos procedimentos é mais um passo dado em direção a evolução econômica de Sergipe. A Junta Comercial de Sergipe (Jucese), órgão vinculado à Secretaria de Estado e Desenvolvimento Econômico e da Ciência e Tecnologia (Sedetec), irá implementar o sistema da Redesim, sistema este que fará integração de todos os órgãos e entidades responsáveis pelo registro e legalização das empresas.

A Jucese, enquanto o sistema ainda não está sendo finalizado, vem buscando algumas parcerias com os órgãos envolvidos no processo, o qual vai ajudar muito na preparação para a utilização do sistema REDESIM quando do seu total funcionamento.

Um dos parceiros desse processo é a Secretaria da Fazenda (Sefaz), que dando início ao processo de integração dos órgãos envolvidos no processo de legalização, irá disponibilizar dois auditores na central fácil com o objetivo de liberar com menos burocracia a Inscrição Estadual, fazendo com que os contribuintes, ao pegarem o contrato social na Jucese, não necessitem se deslocarem até a Secretaria da Fazenda.

Para Luiz Alberto Argôlo, auditor de tributos da Secretaria da Fazenda, a evolução desse processo se deve também a um pedido do Governador Marcelo Deda ao Secretário da Fazenda, para que fosse dada uma atenção maior a este Projeto. “Tivemos um bom entendimento com o presidente da Junta Comercial e concordamos que seria um benefício grande essa parceria”, esclareceu Argôlo.

”Para secretário da Fazenda, João Andrade Vieira da Silva, a criação da rede para a simplificação do registro de empresas significa uma iniciativa que se enquadra num projeto nacional de modernização dos serviços públicos. “Integrar o Redesim é apoiar o desenvolvimento da economia, reduzindo as dificuldades burocráticas e oferecendo um serviço de melhor qualidade ao cidadão”, afirmou.

Para o Presidente da Jucese Vinicius Mazza, essa parceria com a Sefaz só trará benefícios a todos envolvidos no processo, o que vai agilizar bastante a vida do contribuinte.

Fonte: Jucese

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais