Julho inicia com a gasolina voltando ao patamar dos R$ 4 por litro

0
Preços voltaram a subir desde o mês de maio (Foto: arquivo Portal Infonet)

Pela primeira vez desde abril, o preço médio por litro da gasolina chega a R$ 4. Na medida em que as atividades comerciais vão sendo retomadas em todo o mundo, o petróleo volta a ser valorizado no mercado internacional, puxando os valores dos combustíveis. O ciclo de aumento começou ainda no mês de maio, e o último reajuste ocorreu nesta semana, passando o valor médio do litro para as refinarias para R$ 1,57.

Em 2020, a gasolina, que é responsável pelo abastecimento de 60% dos veículos de passeio do Brasil, já registrou 19 reajustes – 7 aumentos e 12 reduções de preços, enquanto o diesel passou por 14 alterações no preço, com 3 altas e 11 reduções. No acumulado do ano, a gasolina tem uma redução de cerca de 20% no preço; para o diesel, esse percentual é de 30%.

A quantidade de reajustes é fruto da política de acompanhamento dos preços do petróleo no mercado internacional. “Os combustíveis derivados de petróleo são commodities e têm seus preços atrelados aos mercados internacionais, cujas cotações variam diariamente, para cima e para baixo. Por isso, a variação dos preços nas refinarias e terminais é importante para que possamos competir de forma eficiente no mercado brasileiro”, informa a petroleira.

Por Ícaro Novaes
Com informações da Agência Brasil

Comentários