Juros do crédito caem e inadimplência aumenta em maio

0

Inadimplência dos empréstimos aumentou
As taxas de juros de empréstimos caíram e a inadimplência aumentou, segundo dados das operações de crédito divulgados nesta quinta-feira,25, pelo Banco Central (BC).

De abril para maio, a taxa geral de juros passou de 38,6% para 37,9% ao ano, a menor desde maio de 2008. No caso das pessoas físicas a redução foi maior – passou de 48,8% para 47,3% ao ano. No caso das empresas houve recuo na taxa anual de 28,8% para 28,5%. 

A taxa para o crédito pessoal, que inclui operações consignadas em folha de pagamento, a teve redução de 2,2 pontos percentuais, chegando a 46,6% ao ano. No caso do empréstimo para a compra de bens, inclusive veículos, chegou ao menor patamar da série histórica iniciada em julho de 1994. Essa taxa passou de 32,7% ao ano, em abril, para 31,6% ao ano, em maio deste ano. No caso do cheque especial, no entanto, houve aumento de 166,3% ao ano, em abril, para 167,8% em maio.

De acordo com o BC, a taxa geral de inadimplência passou de 5,2% para 5,5% de abril para maio, a maior desde setembro de 2000 (5,7%). Para as pessoas jurídicas (empresas), no mesmo período, o percentual passou 2,9% para 3,2%. No caso das pessoas físicas, a taxa subiu de 8,4% para 8,6%. A inadimplência corresponde ao percentual em atraso acima de 90 dias em relação ao total.

Fonte: Agência Brasil

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais