Leite de Rosas comemora 80 anos

0

Bolo em comemoração aos 80 anos da marca que já nasceu popular
Consolidar uma marca e mantê-la em ascensão no mercado durante décadas é um privilégio que só empresas do calibre da Leite de Rosas ostentam no Brasil. Neste 27 de agosto a fabricante de cosmético que já nasceu popular comemora 80 anos de existência, mas com ares de modernidade e planos para continuar cuidando da pele das futuras gerações.

A história dos produtos que conquistaram a simpatia e a penteadeira do consumidor foi iniciada com o seringalista Francisco Olympio de Oliveira, um cearense que viveu no Amazonas, mas que na idade adulta mudou-se para o Rio de Janeiro. Em sua casa desenvolveu a essência, montou uma fábrica na garagem e divulgava o desodorante pelas ruas da capital fluminense.

Helena Ribas, presidente
“Claro que ele achava que poderia obter um grande sucesso e por isso apostou. Mas eu acho que meu pai nunca imaginou que aquele produto tomasse as proporções que tem hoje em dia”, acredita a presidente da Leite de Rosas e filha do idealizador do produto, Helena Ribas. Ela faz questão de frisar que a empresa permaneceu ao longo dos anos sob o comando da família de seu criador.

Uma marca sergipana

Atualmente todo o processo de fabricação da linha de cosméticos da marca está concentrado na moderna fábrica situada às margens da BR-101 em Nossa Senhora do Socorro.

Patrick Mascarenhas, diretor geral
“Passamos a ser uma empresa sergipana. Aqui empregamos mais de 200 pessoas que participam da fabricação dos desodorantes, hidratantes e demais produtos vendidos país afora”, conta o diretor geral Patrick Mascarenhas.

O prefeito do município, Fábio Henrique, diz que a empresa é um orgulho para a população socorrense. “Tê-la em nosso município é uma honra, principalmente por ela gerar empregos na área onde está situada, a mais pobre de Socorro. E em breve será inaugurada a fábrica que produzirá embalagens para os produtos Leite de Rosas, o que vai gerar 150 empregos diretos”, comemora.

Festa reuniu dezenas de pessoas
O secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, Jorge Santana, engrandece ainda mais a presença da Leite de Rosas em Sergipe. “A presença dela em Sergipe nos ajudou muito a construir um projeto de implantar aqui um pólo industrial de cosméticos que pretendemos transformá-lo no principal da região Nordeste em um futuro bem próximo”, revela Jorge.

A fragância em números

O que comprova a credibilidade dos produtos que levam a assinatura ‘Leite de Rosas’ são os números. Por ano são produzidos 72 milhões de frascos que geram um faturamento

Evolução dos produtos da marca
médio de R$ 60 milhões. Pesquisas mostram que quatro em cada cinco brasileiros conhecem a marca, e que dois terços da população associam a cor rosa à embalagem do produto.

O desodorante, carro-chefe da empresa, é utilizado pelos consumidores para os mais diversos fins: desde remover maquiagem até combater espinhas. No aniversário da Leite de Rosas a cúpula da empresa tem a certeza de que o público que manteve seus produtos nas prateleiras se renova e continua desejando vida longa à marca.

Por Glauco Vinícius

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais