Lojistas acreditam em alta nas vendas para o final de ano

0

As expectativas dos lojistas para as vendas do final de ano são as melhores. De acordo com a Câmara dos Dirigentes Lojistas de Aracaju (CDL) o pagamento do 13º salário, o auxílio emergencial e as medidas de incremento na economia dos governos estadual e municipal vão ajudar no incremento da renda e no aumento das vendas.

O presidente da CDL, Brenno Barreto, acredita num final de ano de aumento nas vendas (Foto: arquivo pessoal)

“Ainda é cedo para dizer que o natal 2020 vai ser melhor que o de 2019, mas como base na última data comemorativa, que foi o dia das crianças, que tivemos nossas expectativas de vendas superadas, estamos muito otimistas com as vendas de final de ano”, afirma Brenno Barreto, presidente da CDL Aracaju.

Brenno lembra que os bons resultados nas vendas nem sempre atingem todos os setores da economia. “Alguns setores atingem resultados muito bons, melhores até do que a média que divulgamos. Outros nem tanto, mas estamos sim confiantes com o final de ano. As vendas já começam a aquecer em novembro com o Black Friday e depois ainda temos natal”, aponta.

13º Salário

Esse ano muitos trabalhadores que tiveram seus contratos suspensos não irão receber o 13º salário de forma integral, mas Brenno acredita que isso não irá atrapalhar o resultado das vendas do final do ano. “Não sabemos ainda o impacto dessa redução porque não sabemos  quantas empresas aderiram a essa modalidade e quantos funcionários foram atingidos, mas temos o incremento do auxílio emergencial que vai até dezembro, então acredito que uma coisa compensa a outra”, diz.

Outro ponto positivo que Brenno aponta para injeção de recursos na economia foi à antecipação do 13º salário dos funcionários públicos. “ Isso significa dinheiro no bolso e dinheiro no bolso do trabalhador é dinheiro girando na economia”, afirma.

Investimento

O Governo do Estado anunciou o plano de recuperação da economia no inicio do mês com incremento de 1,2 bilhão na economia sergipana até dezembro através de obras e investimentos em diversos setores. Brenno acredita que esses investimentos serão muito importantes para movimentar a economia do Estado.

“ Foram anunciados para este ano 1,2 bilhão até dezembro e mais outro montante para 2021. São investimentos na construção civil, construção de rodovias, turismo, enfim,  tudo isso gera emprego para as pessoas que estavam desempregadas. Pessoas que voltam a ter renda e que voltam a comprar. Essas obras têm duração de pelo menos oito meses, então, 2021 é um ano promissor”, enfatiza o presidente.

Brenno lembra também que em Aracaju foi aprovado o Programa de Refinanciamento de Dívidas (Refis) com o parcelamento de dívidas e a retirada de multas e juros para pessoas físicas e jurídicas dando um fôlego ao cidadão e as empresas aracajuanas.

Por Karla Pinheiro

Comentários