Mais uma indústria dispensa funcionários em Socorro

0

Sindicato preocupado com grande número de demissões no setor (Fotos: Arquivo Portal Infonet)

Representantes do Sindicato dos Trabalhadores na Indústria Têxtil de Sergipe (Sinditêxtil) estão preocupados com o aumento do número de demissões no setor em todo o estado, por conta do fechamento ou da redução de produção das empresas. Por outro lado, empresários continuam atribuindo o problema à crise econômica nacional e internacional.

Segundo o presidente do Sinditêxtil, Giseldo Santos, o número de demissões vem crescendo nos últimos meses em Sergipe.

“Até setembro de 2011, foram dispensados cerca de 1.400 trabalhadores na indústria têxtil. A fábrica Textil Itatiba de Sergipe, localizada em Nossa Senhora do Socorro, por exemplo, já demitiu mais de 90% dos funcionários, devendo fechar as portas no próximo dia 20. Alguma coisa deve ser feita para mudar este quadro e o sindicato está tentando uma reunião com o secretário da Indústria e Comércio Zeca da Silva para juntos podermos discutir uma solução”, desespera-se Giseldo Santos.

Giseldo Santos: "Já foram 1.400 demissões até setembro deste ano"

Procurado pela reportagem do Portal Infonet, diretor da Textil Itatiba de Sergipe, Valter Bertoni Júnior, não confirmou o fechamento da empresa, mas admitiu a redução na produção e consequentemente no número de funcionários.

“Nós já reduzimos em 50% o número de funcionários em virtude do quadro nacional e internacional da indústria têxtil, mas nós ainda não decidimos fechar as portas. Como estamos com um estoque muito alto, resolvemos diminuir a produção e aguardar com otimismo, a reação do mercado”, explica.

O empresário cobrou empenho do Governo Federal. “Infelizmente o Governo Federal não está fazendo nada pela indústria têxtil brasileira. Cada vez mais, produtos de países asiáticos como China e Paquistão entram no país quebrando a nossa cadeia”, lamenta Valter Bertoni Júnior.

Na Secretaria da Indústria e Comércio, a informação é de que o secretário Zeca da Silva está em Brasília participando de um congresso produtivo para o Estado e que somente retornará na sexta-feira, 11, devendo na próxima semana agendar uma reunião com os representantes do Sinditêxtil para discutir o assunto.

Por Aldaci de Souza

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais