Manifestantes pedem desativação de poço de petróleo

0
Desempregados: ato em defesa da fábrica de cimento (Fotos: Portal Infonet)

Um grupo de desempregados realiza uma manifestação na porta da sede da Petrobras em Aracaju para pedir a desativação de um poço de extração de petróleo instalado no município de Santo Amaro das Brotas.

Moradores de quatro municípios sergipanos se concentraram na porta da sede da Petrobras em Aracaju e cobram uma audiência com gestores da estatal. Segundo a assessoria do movimento, há moradores desempregados dos municípios de Santo Amaro das Brotas, Maruim, Rosário do Catete e General Maynard. “Estamos aqui reivindicando o progresso para o meu município”, explicou o soldador Anderson Santos Gomes, 31, desempregado há sete meses. 

A prefeitura de Santo Amaro das Brotas disponibilizou estrutura para construir o ato e transportar os manifestantes de seus respectivos domicílios.  "Estou puxando o meu povo que está passando fome e ver a possibilidade do gerente da Petrobras atender o prefeito ou a população da nossa região", justificou o prefeito Luiz Herman Mancilla, conhecido como Chileno, que esteve presente ao ato.

Anderson: reivindicando progresso

Os manifestantes distribuíram nota produzida com apoio da Prefeitura de Santo Amaro, explicando os impactos do poço de petróleo e defendendo a instalação de uma fábrica de cimento na área onde está o poço. Segundo a nota, a desativação do poço está impossibilitando o início da terraplanagem para a instalação da fábrica de cimento no local.

A nota faz uma estimativa da produção, destacando os supostos resultados e impactos financeiros do poço de petróleo na região e traça um paralelo com as expectativas geradas pela instalação da fábrica de cimento em Santo das Brotas. De acordo com a nota, o poço de petróleo apresenta produção média de 28 barris/dia, com arrecadação de R$ 120.960,00, gera apenas um emprego e destina apenas R$ 2 mil ao município a título de royalties.

Em contrapartida, conforme a nota, a fábrica produzirá algo em torno de 5 mil toneladas de cimenta, com investimento na ordem de R$ 1,112 bilhão, gerando cerca de 3 mil empregos diretos na fase de construção e de cerca 500 diretos e outros 2 mil indiretos quando estiver em funcionamento, além de elevar o PIB do municípío em 5,9%, geração de R$ 118 milhões em ICMS e aumento da arrecadação do município em R$ 1 milhão.

Moisés Guedes: reunião à tarde

O assessor de comunicação da Prefeitura de Santo Amaro das Brotas, Moisés Guedes, informou que a estatal enviou um representante, que está negociando um encontro do prefeito Luiz Herman com a gerência para discutir a questão. A reunião acontecerá ainda nesta segunda-feira, 11, segundo o assessor.

O Portal Infonet tentou ouvir a Petrobras. A assessoria de imprensa se comprometeu a enviar resposta na manhã desta segunda-feira, 11, mas ainda não se manifestou. O Portal Infonet permanece à disposição. Informações podem ser enviadas por e-mail jornalismo@infonet.com.br ou por telefone (79) 2106 – 8000.

Por Cássia Santana

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais