Mesmo com crise, peru ainda é principal prato da ceia

0
O peru, o chester e o pernil bovino ou suíno, que estão com preços em alta (Foto: Portal Infonet)

Mesmo em tempo de crise encomendas para a ceia de Natal com o peru, o chester ou o pernil já assados estão quase esgotadas. Segundo informações de funcionários de panificações e delicatessens especializadas em fazer a ceia natalina por encomenda, mais parece que a crise financeira e econômica do país não afetou o bolso das famílias sergipanas.

Pois, o peru, o chester e o pernil bovino ou suíno, que estão com preços em alta, continuam sendo os pratos principais que compõem a janta da noite de Natal e os pedidos já estão se encerrando. A advogada e dona de casa Elizabeth Costa conseguiu fazer sua encomenda. Segundo ela, o custo é muito mais alto do que optar por cozinhar os alimentos em casa, mas o que vale é a praticidade. “Nada de comprar para assar em casa, quero o mais prático possível”, afirmou.

Em uma delicatessen e panificação localizada no Bairro 13 de Julho, por exemplo, não há mais oferta de ceias com o chester compondo o cardápio principal. “Já acabou, não aceitamos mais encomendas de chester. Compramos 40 e já vendemos todos. Agora só temos ceia com peru ou pernil bovino ou suíno”, informa o gerente da delicatessen, Gabriel Santos.

É bom apressar os pedidos

O negócio de ofertar a ceia natalina completa para os clientes deu tão certo que em uma panificação localizada no Bairro Luzia, os pedidos para assar os perus, chester ou pernis não estão sendo aceitos. 

“Antes as pessoas compravam o peru e traziam aqui para a gente assar, agora não estamos mais fazendo isso. Ano passado assamos mais de cem. Foi muita correria, agora só ofertamos a ceia completa e já temos muitos pedidos”, explica o gerente Gervásio de Santana.

Ele ressalta que, mesmo assim, as encomendas só são aceitas até as 16 horas desta quinta-feira. “Depois disso vamos iniciar a produção e não aceitaremos mais encomendas”, diz. 

Por Moema Lopes

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais