Municípios atuam no planejamento de marketing do Turismo

0
Trata-se de ações promovidas, visando criar o Plano Operacional de Marketing

Reposicionar Sergipe entre os principais destinos turísticos no Brasil é o objetivo do trade turístico e dos gestores municipais, que participaram da oficina que contempla a segunda etapa do Plano Estratégico para a promoção do Turismo do Estado de Sergipe no Quality Hotel, nessa quarta-feira, 8. Trata-se de ações promovidas, visando criar o Plano Operacional de Marketing, em elaboração pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado do Turismo, via Programa de Desenvolvimento do Turismo – Prodetur/SE.

O foco é definir estratégias de como o destino Sergipe se posicionará nos mercados nacional e internacional, criando uma identidade, uma marca turística para o Estado. “Pensar em Plano de Marketing não é pensar somente em uma campanha publicitária. Estamos já fazendo pesquisas em operadoras por todo o Brasil e também internacionais; e, nesse momento, estamos trabalhando com os atores internos dos setores públicos e privados”, explicou a consultora Janine Pires, ex-presidente da Embratur e diretora do consórcio responsável pela elaboração do Plano de Marketing do Estado.

De acordo com Janine, o mundo do turismo está mudando muito rápido e o Estado precisa acompanhar essa mudança. “Posso perguntar: o que faria o turista escolher Sergipe como destino? Onde podemos aparecer, enquanto instituições públicas e privadas, ou até mesmo enquanto sergipanos, para influenciar nessa escolha do turista?”, interpelou a consultora.

Instituições

O empresário João Ávila, presidente da Associação Brasileira de Agências de Viagens – ABAV/Se, disse que o planejamento de marketing é necessário. Segundo o presidente, esse é um trabalho que tem continuidade do Prodetur I, mas que, sem dúvidas, se tem uma maior confiança para atingir o objetivo, que é transformar Sergipe em um destino consolidado.

Já para a presidente da Associação da Indústria de Hotéis em Sergipe – ABIH/Se, Daniela Mesquita, o que faltava era o planejamento. “Não se ouvia as pessoas envolvidas e esse já é um primeiro momento que diferencia. Estão envolvendo todas as cabeças do turismo. Acredito que dará certo, que é o momento de dar credibilidade ao setor e Sergipe será consolidado. Sou muito otimista!”, disse a presidente.

Fonte e foto: ASN

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais