Número de empregos em Sergipe bate recorde histórico

0

Entre janeiro e março de 2011 foram criados 3.377 novos empregos (Foto: Viera Neto/Sedetec)

A economia de Sergipe tem crescido de forma contínua nos últimos anos. E um dos fatores que contribuiu para essa ascensão foi o número de empregos diretos gerados no Estado. Fazendo um comparativo do primeiro trimestre de 2011, em relação ao mesmo período dos últimos dois anos, pode-se observar uma evolução significativa da variação percentual desse número.

Enquanto em 2009 houve uma queda de – 0,27% no quesito geração de novos postos de trabalho, que foi afetado pela crise mundial, o ano seguinte registrou recorde nesse número, com uma variação de 0,71%. Já o ano de 2011 iniciou com um desempenho melhor no primeiro trimestre, em relação ao mesmo período do ano passado. Este ano foi registrado um incremento de 1,30%, o que significa um saldo de 3.377 empregos gerados.

“Sabemos que este é um momento delicado da economia brasileira, já que ajustes econômicos foram necessários para evitar o retorno da inflação. Mas o primeiro trimestre da economia sergipana, em especial no que se refere à geração de empregos, foi muito bom. Não que isso nos deixe satisfeitos, o Governo do Estado trabalha por melhores resultados sempre. Mas é preciso reconhecer que Sergipe está no caminho certo”, avaliou o secretário Zeca da Silva, do Desenvolvimento Econômico e da Ciência e Tecnologia (Sedetec).

De acordo com análise do economista Magaiver Fontes Correia, do Departamento Técnico da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e da Ciência e Tecnologia (Sedetec), embora no ano passado a geração de empregos tenha sido recorde, com a criação de 23.788 novos postos de trabalho, esse ano os números já foram superados até o momento. “Entre janeiro e março de 2011 foram admitidos 3.377 novos trabalhadores, 105,2% a mais do que nos três primeiros meses do ano passado, quando foram criados 1.646 novos empregos”, afirma com base nos dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho e Emprego.

“Nos últimos 15 anos nunca se observou na história de Sergipe um número tão grande de novos postos de trabalho como tem sido registrado atualmente”, confirma Magaiver. Segundo ele, os números positivos no Estado acompanham o crescimento da economia brasileira. “O país, como um todo, está crescendo. E Sergipe acompanha lado a lado essa ascensão. E embora seja o menor Estado da Federação, está inserido na região Nordeste que apresentou uma evolução maior em relação às demais regiões do país”, enfatizou o técnico da Sedetec.

Fonte: Sedetec

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais