OIT diz que 51 milhões perderão empregos

0

Por conta da crise econômica mundial que a cada dia se aprofunda, estima a Organização Internacional do Trabalho – OIT que até o fim do ano 51 milhões de pessoas perderão seus empregos.

 

Dizendo-se realista, e não alarmista, a OIT considera que a crise elevou o nível de preocupação com relação ás repercussões sociais da globalização. “A agitação social já começou”, frisou Juan Somavia, diretor-geral da OIT, que conclamou os governos a não esquecer as pessoas, o aspecto humano, em seus planos de recuperação econômica.

 

Parece já não haver mais dúvida de que a economia mundial está caminhando para uma depressão acentuada”.

 

Por Ivan Valença

 

 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais