Operação flagra piscicultura irregular no Velho Chico

0
O proprietário foi notificado pelos órgãos competentes 

Os trabalhos da Fiscalização Preventiva Integrada (FPI) da Tríplice Divisa estão no seu segundo dia e várias irregularidades são encontradas em torno do Rio São Francisco. Em Sergipe, no Município de Canindé do São Francisco, a equipe aquática da fiscalização encontrou um tanque feito de redes com uma criação de tilápias, próximo ao Dique 03.

Segundo os técnicos do Instituto Brasileiro de Meio Ambiente (Ibama), do Pelotão Ambiental da Polícia Militar de Sergipe e da Capitania dos Portos de Sergipe, a criação está sendo feita de forma irregular. Além desse flagrante, a fiscalização encontrou mais 15 tanques como este com, aproximadamente, seis mil peixes.

O proprietário foi notificado pelos órgãos competentes.

Possíveis situações que o uso tanques-rede podem causar

Ocupação do espaço: tanques-rede e cercados requerem, para que sejam economicamente bem-sucedidos, áreas protegidas de ventos, com baixa velocidade e profundidade máxima de sete metros, que em reservatórios correspondem às zonas litorâneas. As zonas litorâneas, além de usadas como áreas de desembarque da pesca profissional e como balneário, fornecem abrigo e alimentação para as formas juvenis da maioria dos peixes e espécies forrageiras, constituindo-se em locais de desova de outras.

Alteração no fluxo da água e correntes: as malhas e demais estruturas dos tanques promovem redução na corrente de água, com implicações no transporte de sedimentos (assoreamento, disrupção da comunidade bêntica) e nas concentrações de oxigênio e metabólitos.

Introdução de espécies: as malhas e estruturas são danificadas por predadores, objetos flutuantes e vendavais, tornando os escapes um fato inevitável, com registro em todo o mundo. Os escapes de espécies alóctones ou exóticas podem levar a drásticas reduções dos estoques nativos por processos de predação, competição, adulteração do pool gênico, destruição de habitats e surtos de doenças.

A equipe aquática é formada pelos seguintes órgãos: ICMBio, CB, Semarh, Capitania dos Portos, SPU, Ibama, Emdagro, UFS/Max, Crea/SE, CBHSF, PM/SE e Adema.

Fonte e foto: Ascom FPI/MPF

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais