Pagamento do “Paa-leite” é regularizado

0

Pequenos produtores de leite do município de Poço Verde, distante 148 Km de Aracaju, reclamam que o pagamento do Governo do Estado referente ao Programa de Aquisição de Alimentos na modalidade leite fome zero (Paa-leite), do Governo Federal, está atrasado há 45 dias. O pagamento é realizado em um período quinzenal, o que resulta em um atraso de três parcelas. Em contato com a reportagem do Portal Infonet, a Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social (Seides) informou, entretanto, que o repasse foi regularizado na última terça-feira, 6.

Segundo um dos produtores que preferiu não se identificar, o atraso causou alguns transtornos. “O problema é que nós temos custos e mesmo em atraso não temos como suspender a produção, pois é a minha única fonte de renda”, disse.

De acordo com a diretora do departamento de Segurança Alimentar e Nutricional da Seides, Vânia Junqueira Rodrigues, o problema foi decorrente de uma limitação no orçamento da secretaria. “Realmente o último pagamento que tínhamos feito foi no dia 25 de maio. Ficamos três quinzenas em atraso, mas já foi tudo resolvido. O problema do atraso foi por conta do teto orçamentário da Secretaria, então o governador entrou em contato com a secretaria de planejamento para aumentar o orçamento da Seides suprindo a necessidade do programa para o ano todo”, afirmou.

Paa-Leite

O Programa Pró-leite é realizado com recursos do Ministério do Desenvolvimento Social com uma contra partida do governo de Sergipe. Os destinatários são associações de beneficiamento do leite pequenos produtores que não tem outra fonte de renda, eles podem vender até 30 litros de leite por dia.

O tipo do leite produzido é o “C” utilizado para a merenda escolar e para os beneficiários de baixa renda cadastrados no governo como crianças de dois a sete anos, idosos, mães que tem bebê de até seis meses e crianças em quadro de desnutrição comprovada.

Por Bruno Antunes

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais