Para ter desconto na conta de energia precisa fazer recadastramento

0

Quase trinta mil consumidores perderão o benefício da tarifa social de energia elétrica, com descontos que chegam até a 65%, caso não façam o recadastramento na Energisa. É que, desde o dia 01 de agosto, esgotou-se o prazo de manutenção do desconto automático para quem tem consumo maior que 65 kWh.

Para continuar recebendo o desconto, é necessário que o consumidor faça seu recadastramento. Para tanto, é necessário estar inscrito em algum programa social do Governo, a exemplo do Bolsa-Família ou Bolsa-Escola, ligar para a Energisa, no 08000 79 0196, e informar o Número da Inscrição Social – NIS. Não é necessário estar recebendo o benefício do Bolsa-Família ou Bolsa-Escola, basta estar inscrito no programa.

Mesmo perdendo o benefício por conta do prazo vencido, o consumidor pode tê-lo de volta com o recadastramento. Na área de concessão da Energisa, que abrange 63 dos 75 municípios sergipanos, são 28.299 consumidores que possuem consumo acima de 65 kWh.

A perda do desconto de tarifa social de energia elétrica vem acontecendo desde a mudança na regra para recebimento do benefício, ocorrida em outubro de 2010, através da Resolução 414 da Agência nacional de Energia Elétrica – ANEEL. Antes da mudança, para ter o desconto, bastava ter um consumo médio de até 80 kWh. Automaticamente, nesta situação, o consumidor já recebia o benefício.

Até novembro de 2011, 97.753 consumidores terão o desconto da tarifa social cancelado. Eles também precisam fazer o recadastramento para continuar recebendo o benefício.

Fonte : Ascom Energisa

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais