Parlamentares sergipanos fecham Orçamento

0

Deputado José Carlos Machado comemora aprovação de emenda para o Baixo São Francisco
O Estado de Sergipe deverá contar em 2009, com um total de R$ 110 milhões para serem aplicados em obras e serviços.  No sentido de definir os projetos a serem contemplados com os recursos do Orçamento Geral da União para 2009, várias reuniões foram realizadas em Brasília(DF), entre o governador Marcelo Déda, deputados, prefeitos e o reitor da Universidade Federal de Sergipe, Josué dos Passos Subrinho.  Isso além de uma audiência pública na Assembléia Legislativa da Bahia.

De acordo com o coordenador da apresentação de emendas da bancada sergipana ao Orçamento Federal, deputado José Carlos Machado(DEM), Sergipe teve direito a apresentação de 15 emendas de acréscimo e uma de remanejamento, ou seja, ela tira recursos de uma obra do Departamento Nacional de Infra Estrutura e Transportes(DNIT) para outra do próprio órgão.

Para o deputado Carlos Machado, uma das emendas mais importantes foi a aprovada durante audiência pública realizada na última segunda-feira, 10, na Assembléia Legislativa da Bahia.  Ela trata da revitalização dos três perímetros irrigados do Baixo São Francisco, através da liberação de R$ 20 milhões.  

“Pra mim essa foi fundamental, pois aquilo ali revitalizado vai gerar seis mil empregos diretos, além de produzir 70 mil toneladas de arroz. Não entendo como os dirigentes deixaram aquela área abandonada”, destaca acrescentando que ainda será preciso uma parceria entre os Governos federal e estadual para recuperar os perímetros irrigados.  

Os parlamentares tiveram até a última sexta-feira, 14 para fechar o Orçamento Geral da União. De acordo com o deputado Iran Barbosa(PT-SE), todas as emendas foram amarradas. Ele encaminhou à Comissão Mista de Orçamento, as emendas individuais de sua autoria à Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2009, somando R$ 10 milhões para beneficiar as áreas de educação, cultura, infra-estrutura urbana, assistência social, esportes, pesca, agricultura, saúde, movimento negro, direitos humanos, turismo e meio ambiente.

Iran Barbosa defende parque de exposições/Foto: Maria Odília

 

Parque de exposição

Iran comemora a aprovação de sua emenda, apresentada com a bancada sergipana no Congresso Nacional para a construção de um Parque de Exposição Agropecuária, no valor de R$ 15 milhões, em Nossa Senhora da Glória.”O objetivo é estruturar o setor agropecuário em Sergipe, devendo estimular e beneficiar o homem do campo e o Estado de Sergipe como um todo”, afirma.

Cefet

Dentre as emendas aprovadas pela bancada sergipana, está a apresentada pelo deputado Jerônimo Reis(DEM), no valor de R$ 13 milhões para que em 2009 sejam implantados cursos de nível superior da Unidade Descentralizada do Centro de Educação Federal Tecnológico(CEFET), em Lagarto. “Agora só nos resta viabilizar essa importante obra não só para Lagarto, mas como toda a região Centro-Sul do estado. Para mim, significa uma realização pessoal, uma vez que sempre lutei para que Lagarto tivesse ensino superior gratuito”, comemora.

UFS deverá receber recursos da ordem de R$ 20 milhões
UFS

Para a Universidade Federal de Sergipe, foi aprovada uma emenda em torno de R$ 20 milhões, para o desenvolvimento de projetos de infra-estrutura nos Campi de Aracaju(Hospital Universitário) e São Cristóvão(Rosa Elze).

O reitor da UFS, Josué dos Passos Subrinho, informou que existem na instituição recursos para a construção de prédios, laboratórios, mas para a parte de estacionamentos, passarelas, redes elétrica e rede de esgoto, os investimentos exigidos são muito significativos.

“Nós temos dificuldades de financiamento junto ao Ministério da Educação e Cultura(MEC), para essas obras.  Com isso, solicitamos à bancada sergipana e a emenda foi aprovada. Agora vamos aguardar a votação do Orçamento no Congresso, que deverá acontecer antes do recesso, agora em dezembro”, afirma o reitor da UFS.

Por Aldaci de Souza

Comentários