Passagem de ônibus na capital aumentou 150% de 2000 a 2011

0

População vai destinar uma parte maior do salário para andar de ônibus (Foto: André Moreira/PMA)
De 2000 a 2011 o valor da passagem de ônibus na capital sergipana aumentou em 150%. O valor saltou de R$ 0,90, naquela época, para os recém-definidos R$ 2,25. O único ano em que não houve reajuste da tarifa foi em 2005. O índice é considerado expressivo, mesmo considerando-se o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de todo o período.

O reajuste anunciado nesta sexta-feira, 28, pela Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) é 7,15% maior que ao valor antigo, de R$ 2,10. Os empresários do transporte haviam pedido que o valor ficasse em R$ 2,45.

“Os aracajuanos vão ter que destinar uma parte maior do salário para andar de ônibus, pois o índice de reajuste foi maior que o do salário mínimo”, explica o economista e professor da Universidade Federal de Sergipe (UFS) Ricardo Lacerda. Se for definido em R$ 545, o salário mínimo vai aumentar em 6,8%.

Lacerda concorda que aparentemente a tarifa pode ser considerada cara, principalmente diante do porte que a capital sergipana tem. Além de Aracaju já reajustaram a tarifa de transporte público em 2011, no Nordeste, as cidades de Salvador, cujo valor é de R$ 2,50, Recife, que ficará com R$ 2,00, e João Pessoa, onde a tarifa passa a custar R$ 2,10.

Por Diógenes de Souza

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais