Pescadores protestam e fecham avenida em Aracaju

0
Pescadores fecharam a avenida João Ribeiro (Fotos: Portal Infonet)

Centenas de pescadores realizaram um protesto que fechou parte da avenida João Ribeiro, no Centro da capital sergipana. A manifestação foi realizada na porta da Superintendência Federal de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (SFA-SE). Com cartazes e faixas os pescadores de colônias em Sergipe pediam o cumprimento de direitos como o pagamento do seguro defeso.

O presidente da colônia de pescadores Z 6 de Nossa Senhora do Socorro, Francisco dos Santos, relatou a situação dos pescadores. “Nós realizamos as nossas atividades diariamente e não estamos tendo nossos direitos sendo cumpridos. O nosso seguro foi cortado de uma hora para a outra sem nenhum comunicado e fica aquele jogo de empurra entre o INSS e a Pesca. Nós queremos uma posição concreta e saber porque estamos sem receber nosso dinheiro, que é um direito nosso”, lamenta.

Em entrevista ao Portal Infonet, o superintendente da Superintendência Federal de Agricultura, Pecuária e Abastecimento disse que esteve reunido com os pescadores e os representantes das colônias e que ficou combinado uma reunião conjunta com o INSS e os demais órgãos para auxiliar nas questões do recebimento do seguro e da garantia de direitos.

Após protesto pescadores foram recebidos pela superitendência

O superintendente explicou que dos 32 mil pescadores em Sergipe, quatro mil tiveram o seguro suspenso e foi necessário um novo cadastro. “Estamos recebendo todos os dias, 50 pescadores pela manhã e mais 50 no período da tarde para o cadastro. Estamos ajustando o diálogo com os pescadores abrindo o canal com o INSS e outros órgãos, a exemplo da Secretaria de Agricultura do Estado. Estamos mantendo o diálogo para a abertura de benefícios com politicas publicas de incentivo a novos equipamentos”, destacou.

De acordo com os pescadores a expectativa é que até a próxima semana ocorra uma reunião entre a Superintendência da Pesca, os pescadores e o INSS.

Por Kátia Susanna

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais