Petrobras realiza audiência pública com comunidade

0
Momento de uma das audiências públicas da Petrobras (Foto: Arquivo Infonet)

Será realizada no próximo dia 19 uma audiência pública promovida pela Petrobras para discutir, com a comunidade, o Projeto de Ampliação da Produção dos Campos de Camorim, Dourado, Guaricema e do Termo de Ajustamento de Conduta do Licenciamento dos Campos de Águas Rasas, empreendimentos da Petrobras realizados na Bacia de Sergipe/Alagoas. O evento acontecerá no Espaço Sônia Lima, às 9h30, e aglutinará comunidades, organizações governamentais e não-governamentais dos 10 municípios costeiros de Sergipe, que foram identificados como área de influência dos empreendimentos.

Durante a audiência, serão apresentadas todas as etapas do projeto de ampliação, que prevê perfuração de 44 novos poços e a instalação de 135 km de novos dutos e seis novas plataformas para ampliação do sistema de escoamento da produção. A Petrobras também está propondo a utilização de técnicas de injeção de água nos reservatórios já existentes nos três campos.

Para a Petrobras, a realização desses empreendimentos é fundamental para garantir a viabilidade econômica desses campos, que apresentam produção declinante depois de mais de 40 anos de atividade. Por não haver, naquele período, lei ambiental específica para licenciar a exploração e produção de petróleo e gás, a audiência também vai discutir a regularização dessas atividades.

Impactos

Além de apresentar os empreendimentos, um dos objetivos da audiência é a discussão pública dos impactos previstos no estudo ambiental e apresentados no Relatório de Impacto Ambiental. Nenhum dos impactos é permanente e praticamente todos são reversíveis. Outro dado relevante é que a maioria desses impactos foi considerada como de média magnitude e pequena importância. Para todos eles, a legislação prevê medidas de mitigação por meio de projetos de controle ambiental realizados pelo empreendedor.

Fonte: Ascom Petrobras

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais