Petrobras: vendas de campos terrestres trarão demissões

0
Petrobras anunciou início da venda dos ativos dos campos terrestes de petróleo (Foto: Petrobras/divulgação)

A decisão da Petrobras de colocar à venda os ativos de concessões de um conjunto de campos terrestres, incluindo aqueles localizados em Sergipe, pode resultar em novas demissões nas empresas terceirizadas e no remanejamento de funcionários concursados. A avaliação foi feita pelo Sindicato Unificado dos Trabalhadores Petroleiros, Petroquímicos, Químicos e Plásticos nos Estados de Alagoas e Sergipe (Sindipetro AL/SE) após a estatal ter anunciado tal medida nesta quarta-feira, 2, como parte do seu plano de desinvestimentos.

De acordo com o diretor do Sindipetro AL/SE, Bruno Dantas, a estimativa é de que Sergipe possui atualmente 1500 trabalhadores concursados e 5 mil terceirizados, que sofrerão diretamente os reflexos da medida anunciada pela Petrobras.

“Os trabalhadores terceirizados terão seus contratos encerrados e os concursados vão sofrer com o arrocho salarial, podendo ser remanejados para outro setores dentro da empresa em Sergipe ou para outro Estados, algo que já vem acontecendo devido à reestruturação da empresa”, explica Bruno Dantas.

Bruno Dantas, do Sindipetro AL/SE teme demissões em Sergipe (Foto: arquivo Portal Infonet)

Produção

Ainda de acordo com Bruno Dantas, os ativos de campos terrestres em Sergipe correspondem à 30% da produção de petróleo em Sergipe, o que significa pelos menos 9 mil barris dos 36 mil produzidos por dia no Estado. “Além das demissões, a Petrobras deixa de ser a responsável pelo controle da produção de petróleo em Sergipe”, completa o sindicalista.

Campanha

A medida anunciada pela Petrobras, segundo Bruno Dantas, envolve além de Sergipe, os estados do Espírito Santo, Bahia, Ceará e Rio Grande do Norte.  A venda não foi vista com bons olhos e por isso, sindicatos de vários estados se reúnem neste sábado, 5, em Salvador, para planejar mobilizações contra a negociação anunciada pela diretoria executiva da Petrobras.

“Sindicatos de todo o Nordeste vão se unir para planejar ações conjuntas e articuladas. Será uma grande campanha contra a venda dos ativos dos campos terrestres”, finaliza o sindicalista.

Petrobras

Em sua página oficial na internet, a Petrobras anunciou que a sua Diretoria Executiva aprovou o início do processo de cessão dos direitos de exploração, desenvolvimento e produção de petróleo e gás natural de um conjunto de campos terrestres, assim como a venda dos ativos relacionados a essas concessões. A nota diz ainda que a iniciativa faz parte do Plano de Desinvestimento e será realizada através de processo competitivo. Tal plano consiste na venda de diversos ativos da empresa, com o objetivo de reequilibrar o balanço financeiro da estatal.

O Portal Infonet entrou em contato com a assessoria de comunicação da Petrobras, mas até o fechamento desta matéria, nenhum posicionamento foi enviado. A equipe de reportagem permanece à disposição através do telefone (79) 2106 8000 e do email jornalismo@infonet.com.br.

Por Verlane Estácio

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais