Procon divulga nova pesquisa de preços do gás de cozinha

0
A divulgação da pesquisa orienta o consumidor durante as compras (Foto: Ascom Semdec)

Como forma de monitorar o mercado aracajuano, a Prefeitura de Aracaju, por meio da Secretaria Municipal da Defesa Social e da Cidadania (Semdec), disponibiliza, nesta quarta-feira, 3, nova pesquisa comparativa de preços do gás de cozinha. O levantamento, realizado pelo Programa Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon Aracaju), coletou preços do produto em 28 estabelecimentos comerciais na capital.

De acordo com o levantamento, foi constatada variação entre os estabelecimentos pesquisados. Enquanto o menor valor encontrado para a compra à vista foi de R$ 70,00, o maior foi R$ 80,00. Já para a compra realizada com cartão de crédito, o menor e maior valores detectados foram, respectivamente, R$ 75,00 e R$ 85,00.

Além disso, segundo o coordenador do Procon Aracaju, Igor Lopes, os valores encontrados na pesquisa atual não foram diferentes dos apontados na pesquisa anterior, realizada em 14 de maio. “Foi possível constatar que não houve aumento nos preços, em comparativo com a última pesquisa realizada pelo órgão”, indica o coordenador.

Dessa forma, a divulgação da pesquisa orienta o consumidor durante as compras, incentivando o hábito do consumo consciente, como explica a coordenadora de Educação e Pesquisa do órgão, Grazielle Nery. “Com a pesquisa, buscamos ampliar o acesso aos dados, de maneira mais facilitada”, afirma a coordenadora. Além disso, Grazielle orienta que os consumidores devem sempre exigir a nota fiscal.

As variações e preços apontados pela pesquisa se referem àqueles encontrados no dia em que o levantamento foi realizado. Por isso, estão sujeitos a alteração, por conta de possíveis descontos especiais, ofertas, promoções.

Confira a tabela de preços para os estabelecimentos visitados, endereços e preços praticados de acordo com a forma de pagamento.

Agendamento online

Caso o consumidor identifique alguma situação de anormalidade, pode solicitar, inicialmente, a correção por parte do estabelecimento. Se a demanda não for atendida, o Procon disponibiliza o SAC 151, que funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, para realização de reclamações e denúncias.

Além disso, para registrar reclamações na sede do órgão, o consumidor pode utilizar o serviço de agendamento online, por meio do site procon.aracaju.se.gov.br, onde serão indicados os dias e horários disponíveis para atendimento.

 

Fonte: AAN 

Comentários