Pontos do Empreendedor em Pedrinhas e Malhada dos Bois

0

(Foto: Ascom Sebrae)

Em Pedrinhas, o espaço funciona na Praça Heribaldo Alves de Gois, s/n Centro. Já em Malhada o atendimento ao público é realizado na Rua do Comercio,117 – Centro. Nesses locais o público poderá ter acesso aos cursos, palestras e oficinas desenvolvidos pelo Sebrae, receber orientações sobre abertura  e encerramento de empresas, alteração do contrato social, nota fiscal eletrônica e formalização de microempreendedores individuais.

“A proposta é facilitar ainda mais o trabalho dos empresários, permitindo que eles possam receber apoio técnico na cidade em que exercem a atividade. Queremos fortalecer ainda mais esses empreendimentos para que eles consigam gerar ainda mais empregos”, destaca o gerente da Unidade de Desenvolvimento Territorial do Sebrae em Sergipe, Pedro Gomes Fiscina.
Todo o atendimento será feito pelos Agentes de Desenvolvimento, profissionais capacitados pelo Sebrae e posteriormente nomeados pelos gestores municipais que buscam provocar o processo de implementação dos programas e projetos estabelecidos pela Lei Geral das Micro e Pequenas Empresas.

Os agentes também identificam novos setores produtivos em seus respectivos municípios, apresentam aos empresários os produtos e serviços elaborados pelo Sebrae e promovem o mapeamento das empresas formais e informais da região.

“Sabemos que o crescimento da economia do município depende muito do desempenho de nossas empresas. Pensando nisso, criamos esse espaço para oferecer todo apoio aos pequenos comerciantes de região, pois sabemos que os benefícios dessa política serão estendidos à população”, explica o prefeito de Pedrinhas, José Antônio Silva Alves.

Para Arão Nascimento, proprietário de um posto de combustíveis, a criação do Ponto abre uma nova perspectiva para os empresários de Pedrinhas. ‘ Durante muitos anos vimos vários empreendimentos fecharem aqui porque os donos não possuíam o conhecimento necessário para gerenciar o negócio. Acredito que agora, com esse espaço, as pessoas irão procurar auxílio quando necessário e poderão desenvolver melhor suas atividades”.

Fonte: Ascom Sebrae

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais