Poupança é a melhor forma de economizar

0

A caderneta de poupança ainda é a melhor forma de economizar. Com uma taxa de juros de 0,5% ao mês, ela continua sendo um bom investimento para aplicações de até R$ 5 mil, que estão livres dos impostos. Mas, além da quantia em dinheiro e do tempo que a pessoa dispõe para guardar, poupar também tem muito a ver com a personalidade de cada um.

“Se a pessoa não gosta de correr riscos a poupança é o indicado, mas caso não se importe pode aplicar os rendimentos na bolsa de valores e pacotes financeiros onde os lucros e riscos são maiores”, explica o economista do Dieese, Luiz Moura.

Luiz Moura
Além de ser um investimento mais ‘tradicional’, a poupança tem uma grande procura  por não exigir limite mínimo para o depósito inicial. Seus valores são atualizados pela Taxa Referencial (TR) e creditados mensalmente a cada dia-limite. “90% da população não tem muito dinheiro para investir. Até 5 mil reais eu indico a poupança como melhor opção, inclusive com a taxa selic caindo”, acrescenta Moura.

E foi pensando em imprevistos e no sonho do apartamento próprio que a jornalista Núbia Santana abriu uma poupança. “Guardo o máximo que posso. A idéia é investir em coisas maiores como a aquisição de um apartamento, mas principalmente para atender emergências. Não moro com minha família, daí em situações

Nubia Santana
como doença eu tenho recursos para os remédios sem precisar me preocupar”, comenta.

Pessoas conservadoras como Núbia Santana são o grande público que busca a poupança como alternativa de economia. A gerente de banco Eliane Fontes confirma este perfil exemplificando que alguns preferem deixar mais de R$ 50 mil na poupança do que arriscar em outra aplicação. “Muitas vezes não é questão de rendimentos, mas de segurança e de personalidade”, afirma.

Ela explica que a melhor aplicação também é a que atende a necessidade individual do cliente, pois varia do valor que a  pessoa tem, do tempo que pretende investir o dinheiro e dos riscos que deseja correr. “Concordo que para quem tem até

Eliane Fontes
cinco mil reais a poupança seja o melhor investimento, mas se a pessoa tiver um valor maior o melhor investimento será o que atender suas demandas. No caso do RDB e CDB exige-se uma renda maior para iniciar e paga-se Imposto de Renda em cima do rendimento. Tudo deve ser analisado caso a caso”, diz.

Imóvel

Apesar do aquecimento do mercado imobiliário e da diminuição de procura de imóveis para alugar, o economista Luiz Moura vê a compra de residência com bons olhos. “Para aquele que tem alto poder aquisitivo ou o dinheiro para a compra de um imóvel este é um bom um investimento”.

Comentários