Poupança terá rendimento mínimo de 0,5% ao mês

0

As cadernetas de poupança terão rendimento mínimo assegurado de 0,5% ao mês. A garantia se deve à mudança, pelo Conselho Monetário Nacional (CMN), da metodologia de cálculo da Taxa Referencial (TR), utilizada na correção da poupança.

 

A alteração, anunciada nesta quinta-feira, 31, pelo Banco Central, tem por objetivo evitar que a TR apresente valores negativos, o que aconteceria nos próximos dias 2 e 3 de fevereiro. De acordo com o Banco Central, a taxa corre o risco de ser negativa em meses com poucos dias úteis.

 

A TR também depende da Taxa Básica Financeira, que tem como base a taxa média dos Certificados de Depósitos Bancários (CDBs). Pela nova metodologia, quando a TR for negativa será considerada zero. Como a correção da poupança é igual à TR do dia do depósito mais juros de 0,5% ao mês, as novas regras garantem a remuneração mínima de 0,5%.

 

A entrada em vigor, no entanto, ainda depende de publicação no Diário Oficial da União (DOU).

Comentários