Preço do querosene caiu, mas a passagem continua cara

0

O querosene de aviação acumulou queda de 3,71% em 2008. É o primeiro recuo nos últimos 4 anos. Mas, desde 1º de janeiro, ocorreu uma nova redução do preço, de 16,76%. Apesar disso, a curto prazo, o consumidor não será beneficiado com passagens mais baratas. A alta do dólar no segundo semestre eliminou os efeitos positivos da queda do preço do petróleo.

De janeiro a julho, o preço do querosene de aviação acumulou alta de 35,32%. O combustível representa 30% dos custos de uma companhia aérea. Já que o preço do querosene diminuiu é o caso de se perguntar, por que a passagem aérea entre Aracaju/São Paulo é muito mais cara do que o trajeto Maceió/São Paulo?

Por Ivan Valença

Comentários