Pregões eletrônicos barateiam custos em compras do governo

0

Os pregões eletrônicos, ao que tudo indica, vieram para ficar definitivamente. Eles se apresentam como a modalidade mais lucrativa para a administração pública, pois reduzem gastos e se mostram eficientes como instrumento de compra. Recentemente o governo Estado economizou R$ 532.339,00 num pregão para adquirir 77 mil metros de fios cirúrgicos e um pericárdio bovino que seria utilizado em cirurgias cardíacas e neurológicas do Hospital Governador João Alves Filho. O material estava cotado em R$ 691.118,00 e foi adquirido por R$ 158.778,80. A intensa disputa motivou uma queda no valor original de 77,02%.

Comentários