Procon disponibiliza pesquisa de preços de produtos hortifrúti

0

Os consumidores, em Aracaju, podem acessar, a partir desta quinta-feira, 25, a nova pesquisa comparativa de preços dos produtos hortifrúti, realizada pelo Programa Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon Aracaju), que integra a Secretaria da Defesa Social e da Cidadania (Semdec). O levantamento apresenta os valores encontrados para 44 itens, entre frutas e legumes.

A coleta dos dados foi realizada em cinco estabelecimentos comerciais, na capital, na quarta-feira (24), com o objetivo de monitorar o mercado e oferecer uma referência de preço aos consumidores.

“Esse é um trabalho periódico, que visa, também, estimular a prática do consumo consciente e da pesquisa prévia à aquisição de produtos ou serviços”, explica o coordenador do órgão municipal de proteção ao consumidor, Igor Lopes.

Entre as frutas que constam na tabela estão abacate, abacaxi, banana prata, caju, goiaba, jenipapo, dentre outras. No caso do morango, com especificação de preço por bandeja, foram detectados valores de R$5,00 e R$6,00; o quilo foi encontrado a R$2,99. Já a pera foi encontrada com maior valor de R$15,00 e menor valor de R$9,49, por quilo.

No segmento dos legumes constam 25 itens. A cenoura, por exemplo, aparece com maior valor de R$5,49 e menor valor de R$2,00, por quilo. No caso da batata inglesa, a variação ocorreu entre os valores de R$4,99 e R$3,00.

“Na tabela, o consumidor pode encontrar os locais pesquisados, com os respectivos endereços. Mas é importante salientar que os preços referem-se ao dia em que foi realizado o levantamento, podendo sofrer variações”, alerta o coordenador do Procon Aracaju.

Para esclarecer dúvidas ou registrar denúncias, é possível entrar em contato com o Procon Aracaju através do SAC 151 ou do telefone 3179-6040, em dias úteis, de segunda a sexta-feira, das 8h às 13h. Além disso, o órgão disponibiliza, também, o e-mail procon@aracaju.se.gov.br, para que o consumidor possa encaminhar a sua solicitação.

Confira a tabela completa.

Fonte: AAN 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais