Procon divulga nova pesquisa de preço dos itens da cesta básica

0
(Foto: Pixabay)

O Programa Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon Aracaju), que integra a Secretaria da Defesa Social e da Cidadania (Semdec), disponibilizou, nesta sexta-feira, 26, uma nova pesquisa de preço dos produtos da cesta básica na capital sergipana.

O levantamento, realizado na quarta-feira (26), apresenta os preços de 50 produtos distintos comercializadas em pelo menos dez mercados de Aracaju, contemplando regiões de Norte a Sul da cidade. A pesquisa mostra itens da cesta básica que vão desde alimentação a higiene pessoal, produtos de limpeza e hortifruti.

O objetivo do levantamento, conforme explica o coordenador do Procon Aracaju, Igor Lopes, é proporcionar o monitoramento de mercado aos consumidores aracajuanos e incentivar o hábito da pesquisa, já que a variação de preço existe e é permitida pela legislação, desde que não haja nenhum tipo de cobrança abusiva.

A pesquisa possibilita também que os consumidores possam identificar possíveis abusos de preços praticados por estabelecimentos e, dessa maneira, possam recorrer ao órgão para que medidas legais sejam tomadas.

“Diante desse cenário de instabilidade econômica é importante que os consumidores aracajuanos tenham essas informações para que, cientes do preço médio de mercado, possam identificar produtos com valores que considerem abusivos e com isso possam apresentar suas denúncias ao Procon Aracaju”, salienta Igor.

O coordenador afirma ainda que esse levantamento é utilizado internamente pelas equipes de fiscalização, as quais vão in loco apurar denúncias e realizar o trabalho espontâneo de fiscalização a respeito da abusividade de preço.

“Os fiscais, diante desse tipo de situação, solicitam as notas fiscais de entrada e saída dos itens em um período mínimo de três meses para analisar se, de fato, esse produto já estava sendo adquirido pelos fornecedores por um valor mais caro para saber com qual reajuste ele o está sendo repassado para o consumidor final”, enfatiza.

Preços

O levantamento identificou, dentre os produtos pesquisados, que o valor do feijão carioca na cidade ficou entre R$5,69 e R$6,90. O arroz parboilizado apresentou preços que vão de R$2,95 a R$5,10. Para o cuscuz flocão, prato típico do aracajuano, o menor valor identificado foi de R$1,29 enquanto o maior alcançou os R$4,19. O leite líquido integral ficou entre R$3,39 e 3,99 e o café com variação de R$3,29 a R$7,59.

Entre os itens da categoria dos produtos de limpeza, o sabão em pó vendido na cidade está entre R$1,29 e R$4,79, e a água sanitária está sendo encontrada com valores entre R$1,39 e R$1,95.

A pesquisa completa pode ser acessada aqui. Para o esclarecimento de dúvidas ou registro de denúncias, o Procon Aracaju pode ser acionado pelo SAC 151 ou por meio do número telefônico 3179-6040, em dias úteis, de segunda a sexta-feira, das 8h às 13h. O contato também pode ser realizado pelo e-mail procon@aracaju.se.gov.br.

Fonte: PMA

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais