Procon interdita balcões frigoríficos de supermercados

0
Refrigeração dos balcões estava irregular (Foto: Procon)

As fiscalizações da Coordenadoria Estadual de Defesa do Consumidor (Procon) municipal de Aracaju encontraram irregularidades na conservação de carnes e frios nos supermercados da capital. As ações ocorrem em parceria com a Vigilância Sanitária de Aracaju (Covisa) desde a semana passada e verifica a precificação, duplicidade de preços e conservação dos alimentos ofertados.

“Interditamos vários balcões frigoríficos de uma grande rede de supermercados porque não estavam com temperatura ideal para itens como carne, camarão, frango, etc.”, explica o coordenador de fiscalização do Procon Francisco Costa. Os produtos foram recolhidos e os balcões só serão utilizados novamente quando houver regularização da temperatura e relatórios serão encaminhados ao Ministério Público para que providências sejam tomadas.

De acordo com a fiscal da Vigilância Sanitária de Aracaju (Covisa) Mônica Soares, a população pode auxiliar o trabalho denunciando estabecimentos que apontem irregularidadades, através do telefone 156. "A gente também pede que o consumidor esteja atento à validade dos produtos e não consuma se estiver vencida", pede.

Produtos seguem para zoológico

O material recolhido não serve mais para consumo humano, mas pode ser útil para alimentar alguns animais, como informa fiscal da Vigilância Sanitária de Aracaju (Covisa) Mônica Soares. “A Covisa tem uma parceira com o zoológico do Parque da Cidade. Os produtos retirados dos supermercados não podem mais voltar para lá e nem ser consumidos por humanos, mas parte deles geralmente pode ser utilizados para alimentar os animais do parque”, informa. Os materiais são distribuídos aos bichos conforme a análise de veterinários.

Por Jéssica França

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais