Procon Municipal interdita mais dois estacionamentos

0
Fiscais fixam placas informando a interdição (Fotos: Cássia Santana/Portal Infonet)

O Procon Municipal interditou mais dois estacionamentos, que funcionavam irregularmente sem alvará que deve ser emitido pela Secretaria Municipal da Fazenda. De acordo com o supervisor de fiscalização do Procon, Francisco Costa, os proprietários dos empreendimentos já tinham sido advertidos e, mesmo assim, permaneceram exercendo a atividade irregularmente.

A insistência fez a Secretaria Municipal da Fazenda emitir o termo e designar a equipe do Procon Municipal para cumprimento da interdição, segundo o supervisor. O termo foi cumprido na manhã desta quarta-feira, 17, e os estacionamentos estão proibidos de operar até que os empreendedores regularizem a situação junto à Secretaria Municipal da Fazenda.

De acordo com Francisco Costa, o Mega Park estava operando com o alvará de funcionamento emitido em favor de um outro empreendimento localizado em frente, na rua Itabaiana, que é do mesmo proprietário. “Mas ele não pode funcionar desta forma. No alvará, há o endereço do outro estacionamento”, explicou Costa.

Funcionário assina termo, mas se recusa a falar com a equipe do Portal Infonet

No Mega Park, o empreender é autorizado a funcionar apenas como posto de lavagem simples, que dispensa autorização da Secretaria Municipal do Meio Ambiente. Mas, segundo Francisco Costa, o local está funcionando como estacionamento. Em ambos, os proprietários estavam ausentes e os funcionários, que assinaram o termo de interdição, se recusaram a conceder entrevista sobre a interdição.

O Portal Infonet permanece à disposição dos empreendedores. Informações devem ser enviadas por e-mail jornalismo@infonet.com.br ou por telefone (79) 2106 8000.

Permanecem interditados, o posto de lavagem Martelinho de Ouro, localizado na rua Lagarto, no bairro São José, os estacionamentos localizados na rua Pacatuba e na avenida Augusto Maynard e estes dois localizados na rua Itabaiana, no centro da cidade, que sofreram a interdição na manhã desta quarta, 17.

Por Cássia Santana

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais