Procuradores aposentados ajuizam ação contra Município

0
Aposentados sofrem recorrentes atrasos de salários (Foto: Arquivo Portal Infonet)

Os procuradores aposentados estão com proventos atrasados, de acordo com a Associação dos Procuradores do Município de Aracaju (APMAJU), que entrou com um mandato de segurança para tentar frear o atraso dos repasses. Ainda segundo informações da associação, os salários dos procuradores ativos também sofrem atrasos e a categoria prevê a paralisação dos serviços. O processo, protocolado na Justiça, na última sexta-feira, 21, foi a última alternativa adotada pela instituição.

“Esses atrasos dos aposentados ocorrem desde junho e a cada mês que passa a situação vai piorando. A categoria iria tentou resolver administrativamente, mas como não conseguiu, entrou com mandato de segurança tentando frear esses atrasos”, explica o presidente da APMAJU, Matheus Brito Meira. Os atrasos são relativos aos cerca de 20 procuradores aposentados antes de 2002, quando foi criado o Instituto de Previdência da Prefeitura Municipal de Aracaju. A Ação ainda está pendente, aguardando decisão judicial.

Ativos

Ainda de acordo com o presidente da APMAJU, os procuradores ativos também estão tendo os salários atrasados e podem paralisar as atividades. “Se não conseguirmos receber até o dia 2 de novembro, a categoria vai paralisar”, informa.

AjuPrev

O presidente em exercício do AjuPrev, Newton Porto, informou ao Portal Infonet que a folha de pagamento já está pronta, mas ainda aguarda os repasses. Entramos em contato com a assessoria de comunicação da Secretaria do Planejamento, Orçamento e Gestão (SEPLOG), que informou não ter previsão para o pagamento da categoria.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais