Produtores rurais devem regularizar dívidas com o BNB até novembro

0
Produtores podem solicitar emissão de boleto na agência bancária ou pelo telefone (Foto: Ascom/BNB/SE)

Produtores rurais com dívidas no Banco do Nordeste têm até o dia 30 de novembro para iniciar a regularização do débito com as vantagens da campanha anual de renegociação. O prazo é válido para produtores que contrataram financiamentos até o ano de 2011 e aderiram aos benefícios da Lei n.º 13.340/2016.

Além da possibilidade de pagamento da dívida rural em até 10 anos, a renegociação permite a aplicação de descontos a cada parcela. O bônus é maior conforme o valor contratado, a região e o ano do contrato. A data de vencimento é a mesma a cada ano: 30 de novembro.

“O produtor que aderiu à lei, renegociou para pagar em 10 parcelas, sendo que a primeira vence em 2021 e a última em 2030. Quem renegociou pode ter bônus de até 85% no valor de cada parcela, caso pague em dia”, explica o gerente executivo do BNB, Erison Viana.

Em Sergipe, mais de 4.700 contratos de produtores rurais estão aptos a regularização de dívidas nas 17 agências do BNB: três em Aracaju e 14 no interior do estado. Para o pagamento da primeira parcela, é importante estar atento à emissão do boleto bancário, que pode ser solicitada por telefone ou pessoalmente.

“Os boletos estão disponíveis, por isso recomendamos que o produtor procure a agência, o gerente de negócios, o agente de desenvolvimento ou ligue para o 0800 do Banco para solicitar a emissão da fatura e providenciar o pagamento”, orienta o gerente.

Serviço

Os produtores rurais podem solicitar a emissão do boleto bancário na agência do Banco do Nordeste ou pelo telefone 0800 728 3030.

A Lei n.º 13.340/2016 contempla operações de crédito em atraso contratadas com recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE). O instrumento permitiu liquidação total de dívidas, inclusive do valor principal, e também renegociação de operações com direito a juros de 0,5% a 3,5% ao ano, além de descontos no momento do pagamento das prestações anuais.

Fonte: Ascom/BNB/SE

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais