Projeto Jovem capacita filhos de agricultores em SE

0
Jovens agricultores recebem certificado (Foto: Ascom/Senar)

Cristinápolis foi palco da solenidade para entregar 18 certificados a filhos de agricultores da cidade que concluíram o curso do projeto ‘Jovem Agricultor’ promovido pelo Instituto de Cooperação para o Desenvolvimento Sustentável da Agricultura Familiar (IDAF) em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) de Sergipe e patrocinado pela Petrobrás – Programa Petrobras Desenvolvimento & Cidadania.

Os participantes tiveram 104 horas de carga horária distribuídas em aulas teóricas, realizadas no Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Cristinápolis e práticas, nas propriedades dos alunos. O curso iniciou em fevereiro deste ano e durante o período quatro módulos – empreendedorismo rural, higiene, saúde e segurança do trabalhador rural, inclusão digital e avicultura como atividade agropecuária fim – foram desenvolvidos.

O coordenador técnico do projeto e instrutor do Senar, Thiago Tavares explicou que durante o módulo de ‘Inclusão digital’ os alunos aprenderam a manusear computadores. Para o presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Sergipe (Faese), Eduardo Sobral, a educação no campo ajuda no desenvolvimento.

O estudante Jeferson Silva, 17 anos, soube do curso por meio de amigos. “Meu interessei em fazer o curso foi porque ele é voltado para agricultura e é disso que vivemos no campo”, declarou. “Meu tio tem um pequeno sítio, fiz algumas avaliações e indiquei que ele implantasse um processo de irrigação na terra, já que por ser uma pequena área o custo não é elevado, mas o retorno será garantido”, observou o estudante.

No mês de julho serão iniciados cursos no povoado Porto do Mato, em Estância, em Boquim, Salgado e Lagarto. Após ter sido selecionado para desenvolver o projeto, o IDAF pretende alcançar como meta a capacitação de 1.300 jovens, com idade entre 17 a 29 anos, filhos de agricultores familiares. O Instituto desenvolverá este programa de educação na qualificação profissional rural em 52 municípios sergipanos que já compõem os quatro territórios da cidadania.

Com informações da Ascom/Senar

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais