Promoções de início do ano atraem consumidores

0

Lojas estão enfeitadas para atrair clientes
Após os gastos do final do ano, a ordem é economizar. Mas para atrair o consumidor, as lojas do Shopping Jardins estão oferecendo promoções que chamam atenção e impulsionam as vendas. A liquidação, conhecida como BBB, teve início no último dia 12 e segue até o próximo sábado, dia 19.

São descontos em roupas, eletroeletrônicos, cosméticos e acessórios. Para a vendedora Marquise Santos Silva, a venda já deu uma acelerada. “São descontos que podem chegar a 50% a depender do produto e o melhor é que tudo pode ser comprado à vista ou no cartão de crédito sem juros ou parcelado”, diz.

Em uma loja de calçados, o cliente pode economizar mais de R$50 reais em alguns produtos. “As

Debora Souza aproveita as promoções
promoções estão atrativas e servem para os todos os gostos. Um sapato que saia a R$ 121,00 reais antes da promoção, até o dia 19, sai por R$ 59,00 reais. Mas os descontos não param e podem ser encontrados em bolsas, cintos e acessórios”, garante a vendedora Eides Sandra.

Inovação 

Bolas, enfeites e caracterização foram uma das alternativas encontradas pelos logistas para atrair a atenção do consumidor. “As lojas resolveram inovar e vestir os vendedores de fantasias. Isso acaba aumentando o fluxo de clientes na loja, que além da curiosidade, acabam gostando e levando o produto para casa”, garante a consultora de relacionamento de uma empresa de telefonia, Fernanda Barreto.

Produtos com até 50% de desconto
Idéia aprovada pela cliente Débora Souza, que aproveita a oportunidade para conhecer e aproveitar as promoções. “A idéia da fantasia é muito interessante, porque estimula a gente a comprar. A gente fica com vontade de ver e os preços também animam os clientes”, informa.

Orientação

Apesar das tentações dos preços baixos é preciso ter cautela, segundo afirma o economista do Dieese, Luiz Moura. A orientação é para que o consumidor aproveite a promoção apenas se de fato necessitar do produto. “O consumidor tem que tomar cuidado, porque as lojas estimulam os preços, mas qualquer empréstimo tem juros. É mais vantajoso que se compre à vista e tome cuidado para não comprometer a renda familiar com dívidas, porque o índice de inadimplência tem aumentado”, afirma Luiz Moura.

 

 

 

 

 


 


 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais