Proquali terá verba de R$1 mil este ano

0

O reitor da Universidade Federal de Sergipe (UFS), professor Josué Modesto dos Passos Subrinho, anunciou, ontem, que a instituição de ensino superior vai investir, este ano, R$ 1 milhão no Programa Ensino de Qualidade (Proquali). Em relação ao ano passado, quando foram investidos exatos R$ 720 mil, houve um crescimento de 39% nos recursos destinados aos Departamentos Acadêmicos, Colégio de Aplicação, Núcleos de Graduação e Núcleos de Pós-Graduação.
Josué Modesto já expôs o Proquali para os dirigentes dos órgãos que serão beneficiados e explicou que cada um deles terá direito a definir como serão investidos os R$ 20 mil que lhes for destinado. São R$ 10 mil para a aquisição de livros, periódicos e DVDs e os R$ 10 mil restantes devem ser utilizados na compra de material permanente relacionado ao ensino, a exemplo de computadores, audiovisuais (entre eles datashow), refrigeração, laboratório e mobiliário.
“O valor de R$ 10 mil para material permanente poderá ser acrescentado do percentual calculado em função do indicador aluno equivalente”, explicou o reitor da UFS, acrescentando que “os núcleos de graduação receberão os R$ 10 mil para material permanente independentemente de indicador”. Segundo ele, no ano passado, a UFS adquiriu 1500 novos títulos para a Biblioteca Central. Os livros foram indicados pelos professores em reuniões promovidas pelos departamentos.
O professor Josué Modesto dos Passos Subrinho anunciou ainda que as planilhas, que serão usadas pelos órgãos envolvidos no Proquali, já estão à disposição de todos na home page da Coordenadoria Geral do Planejamento (Cogeplan) no site da UFS (www.ufs.br) e devem ser encaminhadas até o dia 10 de março por meio eletrônico. “Estamos trabalhando no sentido de modernizar a nossa biblioteca e oferecer melhores condições de trabalho aos nossos professores e servidores”, concluiu.

Comentários