Quase três mil casas serão construídas no interior do Estado

0

Deda assina contratos de Cooperação e Parceria
Os prefeitos de 17 municípios de Sergipe assinaram na manhã desta sexta-feira, 14, contratos de Cooperação e Parceria com o Governo Estadual para a construção de 2.852 habitações. São 28 empreendimentos feitos com financiamento através da Caixa Econômica Federal que totalizam R$ 28 milhões. As obras devem começar em janeiro de 2008.

Os contratos fazem parte do programa ‘Casa Nova, Vida Nova’, feito em parceria com o Ministério das Cidades. O objetivo é investir cerca de R$ 62,1 milhões no período de quatro anos, beneficiando 6.749 famílias, sendo 1.046 na zona rural e 3.107 na área urbana. “A meta é, em quatro anos eliminarmos o déficit habitacional de Sergipe de 22 mil famílias em habitações precárias”, diz a Secretária de Planejamento Lúcia Falcón.

O governador junto à Prefeita de Itabaiana, Maria Mendonça, e um representante social
Itabaiana, uma das cidades contempladas pelo projeto, tem 1.200 casas de taipa. “Agora estamos trabalhando para reduzir esse déficit habitacional. Queremos incluir essas famílias no seio da nossa sociedade”, fala a prefeita Maria Mendonça.

Entre os contemplados também está um assentamento de famílias do MST, que recentemente conseguiram as terras. “São famílias que conseguiram agora suas terras, mas estão morando em casas de lona. Essas casas vão ser a sustentação para melhorar a qualidade de vida dessas famílias”, comenta Jossair Francisco dos Santos, representante das famílias. “Estamos efetivamente concluindo o ano batendo a meta de estabelecida pelo governador de 3.000 novas unidades habitacionais no Estado”, salientou a secretária de Planejamento.

O governador se mostrou contente com a meta superada e falou das previsões para 2008. “Espero que em 2008 sejam muito mais casas para a população de baixa renda, melhorando as condições de habitação e os indicadores sociais do Estado. A meta desse ano foi cumprida e esperamos que a meta do próximo seja ultrapassada”, disse Marcelo Déda.

Por Ben-Hur Correia e Carla Sousa

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais