Receita Federal alerta contribuintes para falsos e-mails

0

A onda de e-mails falsos em circulação pela internet voltou a preocupar a Receita Federal, que alerta os contribuintes para o risco que correm ao receberem e abrirem esse tipo de mensagem. O supervisor nacional de Imposto de Renda, Joaquim Adir, afirmou que a Receita não envia e-mails sem autorização do contribuinte, nem pede informações sobre dados cadastrais ou financeiros.

Adir enfatizou que e-mails de origem desconhecida não devem ser abertos e informou: “Em breve, a Receita deve liberar o primeiro lote de restituição e já se sabe que, mais uma vez, pessoas de má-fé vão se utilizar desse momento importante de informação para, mais uma vez tentar ludibriar os contribuintes.”

De acordo com a Receita, os falsos e-mails geralmente indicam que “o CPF está cancelado ou pendente de regularização”. Podem ainda dizer que a “declaração de Imposto de Renda tem erros e deve ser enviada uma declaração retificadora”, ou ainda “comunicando erros na Restituição do Imposto de Renda e citando valores residuais a serem recebidos”.

A Receita informa que os falsos e-mails podem instalar programas espiões nos computadores ou direcionar o contribuinte a responder perguntas sobre dados pessoais e fiscais.

Com informações da Agência Brasil

Comentários