Renda per capita brasileira pode dobrar em 15 anos

0

A Confederação Nacional da Indústria (CNI) vai propor aos principais pré-candidatos à Presidência da República que o setor seja tratado com prioridade pelos governos. A entidade propõe uma série de medidas para garantir o crescimento anual do Produto Interno Bruto em 5,5% ao ano, o que permitiria o aumento da renda per capita em 4,5%, por ano. Assim, a renda per capita poderia dobrar em 15 anos, em vez dos 21 anos atuais. O encontro com os pré-candidatos está marcado para terça-feira, 25, na sede da CNI, em Brasília.

De acordo com o documento A Indústria e o Brasil – Uma Agenda para Crescer Mais e Melhor, divulgado hoje, 20, pela CNI, a renda subiria dos atuais US$ 10.465 para US$ 20 mil em 2025, equiparando-se ao patamar de Portugal, da Arábia Saudita e Hungria. Em 2040, a renda brasileira aumentaria para US$ 40 mil, semelhante à do Canadá, da Holanda e da Islândia.

O documento mostra soluções para 12 áreas de atividade, envolvendo segurança jurídica para os contratos, investimentos, tributação e gasto público, financiamento, relações do trabalho, infraestrutura, educação, inovação, comércio exterior, meio ambiente, burocracia e micro e pequena empresa.

A CNI sugere a limitação de gastos públicos correntes, reforma da Previdência Social e elevação da poupança doméstica, o que ampliaria os investimentos. Outra sugestão é a unificação do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), como está proposto em emenda que tramita no Congresso Nacional.

Fonte: Agência Brasil

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais