Rotativo Aju: SMTT não se responsabilizará por roubos

0

Superintendente da SMTT fala sobre o sistema operacional durante coletiva (Fotos: Portal Infonet)

Motoristas que precisarem se deslocar até o Centro, contarão a partir da próxima segunda-feira, 14 com o Estacionamento Rotativo Aju, que funcionará por meio da Superintendência Municipal de Transporte e Trãnsito (SMTT) em parceria com a Empresa Sertel. Só que não haverá qualquer garantia de segurança quanto à possibilidade de roubos de veículos ou de pertences, nem pela empresa e nem pela SMTT.

“O pagamento é para a manutenção da operação e o estacionamento, é uma área pública não é uma área em que podemos ter controle sobre a circulação dos veículos; você não pode impedir a entrada e saída de veículos, então não pode haver essa responsabilidade que é uma questão de segurança pública”, destaca o representante da Empresa Sertel, que administrará o Rotativo Aju, Sérgio Muller.

Nelson Felipe diz que todos os pontos serão identificados com um adesivo

De acordo com o superintendente da SMTT, Nelson Felipe da Silva Filho, já existem decisões judiciais em todo o país, no sentido de não cobrar essa garantia de segurança às empresas que fazem esses serviços de estacionamento rotativo. “A lógica é que todos usem, se ficar na área de clínicas e quer permanecer por mais de duas horas, deverão procurar um estacionamento privado, pois o princípio do rotativo é a rotatividade”, esclarece.

Estacionamento

Durante coletiva de imprensa na manhã desta sexta-feira, 11, Nelson Felipe apresentou o Sistema Operacional do Estacionamento Rotativo, com a intenção de disciplinar o uso do espaço público com o compartilhamento das vagas.

20 operadores foram treinados pela Empresa Sertel

“Inicialmente o Rotativo Aju disponibilizará 1.300 vagas distribuídas para veículos de passeio, veículos de carga, motocicletas e vagas especiais [deficientes físicos e idosos], no Centro. Até a implantação completa do sistema, um total de 3 mil vagas de estacionamento rotativo serão criadas também nos bairros São José e Siqueira Campos. A intenção é melhorar o fluxo de veículos do Centro e organizar o estacionamento. Como tudo será feito de forma mais ágil e moderna”, destaca.

A primeira fase de implantação será no Centro, devido à concentração de pontos comerciais, a carência de estacionamentos e a grande demanda de usuários. Serão reservadas ao sistema algumas ruas como: Estância, Maruim, Propriá, Laranjeiras, São Cristóvão, Itaporanga, Pacatuba, José do Prado Franco, Apulcro Mota, Geru, Divina Pastora, Lagarto, Arauá, Campo do Brito, Dr. Moacyr Rabelo Leite, Sen. Rollemberg, Bahia.

Preços

Sérgio Muller: "A responsabilidade é da Segurança Pública"

A permanência na vaga tem um limite máximo de 2 horas. O veículo que exceder o tempo máximo de permanência estará cometendo uma infração média por estacionar em local proibido e poderá receber uma multa no valor de R$ 85,13 e 4 pontos na carteira de habilitação, além da remoção do veículo.

“O valor da tarifa referente à utilização do sistema para veículos de passeio será de R$1,50 por hora, R$ 3,00 para veículos de carga e R$ 1,00 para motocicletas. Sendo possível a contratação do serviço por 30, 60, 90 ou 120 minutos, pagando apenas pelo tempo utilizado. O tempo máximo de permanência é de duas horas, apenas o bolsão do Mercado que vai até o Terminal de Integração, será permitido o período de quatro horas”, alerta.

Na primeira semana, período de adaptação ao sistema, nenhum usuário pagará pelo serviço, mas deverá obedecer ao tempo máximo de permanência na vaga, como forma de adaptação.

Os interessados deverão comprar créditos avulsos pela internet ou nos 35 pontos de venda de tíquetes, que funcionarão em estabelecimentos comerciais  a cerca de 80 metros da vaga desejada. Ou podem adquirir créditos por meio do aplicativo Rotativo AJU, que possibilitará o cadastramento de até cinco placas para o mesmo usuário. Por meio do aplicativo, o usuário também terá informações sobre o saldo disponível, mapa com a localização das vagas e pontos de vendas de tíquetes.

Usuários poderão obter maiores informações sobre o sistema operacional do Rotativo Aju e como baixar o aplicativo, pelo telefone 3303-2115.

Por Aldaci de Souza

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais