Salão Imobiliário vendeu 30% a mais em 2010

0

Salão de 2010 movimentou volume de recursos 30% superior a 2009 (Foto: Arquivo Infonet)
Quase R$ 200 milhões em negócios. É esse o saldo do volume de vendas concretizadas durante os cinco dias do Salão Imobiliário 2010. Cerca de 30% a mais que o valor total de negócios da edição 2009 – quando foram comercializados R$ 150 milhões – da maior feira do mercado imobiliário em Sergipe. Reprisando o sucesso de visitação do ano passado, este ano o Salão alcança um índice de visitação de dez mil pessoas no período de 17 a 21, no pavilhão montado no Centro de Convenções de Sergipe. 

Cerca de 80% dos expositores afirmam ter vendido mais que em 2009, e em alguns casos confirmam a venda de todos os empreendimentos levados para o salão. As mudanças na forma de escolha dos espaços, no horário de funcionamento, e na forma de dispor os stands no pavilhão foi aprovada por 100% das empresas que estavam no evento, sendo que 90% destes expositores avaliam a edição do evento como sendo boa ou excelente. 

Todos esses índices de sucesso confirmados ao longo dos últimos anos fortalecem a grande parceria entre a Êxito e a Associação dos Dirigentes de Empresas da Indústria Imobiliária do Estado de Sergipe (Ademi/SE). Segundo o diretor da Êxito Eventos Alexandre Porto, a edição 2011, será realizada no mesmo período, em novembro no Centro de Convenções e deverá manter as inovação desta edição. “Estamos abertos a sugestões, mas o sucesso do Salão confirma que estamos planejando corretamente o evento e por isso, deveremos manter o modelo de disposição dos stands, os horários e a forma de escolha dos espaços, que foram 100% aprovados pelos expositores”, conclui. 

Na avaliação do presidente da Ademi, Júlio César de Vasconcelos, o sucesso de venda e de público do Salão 2010, é conseqüência das mudanças do layout, da beleza dos stands e da qualidade dos empreendimentos colocados à venda. “Esse sucesso do evento agregado ao crescimento de venda fortalece o setor da construção civil e nos estimula a continuar realizando um trabalho de qualidade para realização deste grande Salão, que certamente contribui para o desenvolvimento da nossa cidade”, destaca. 

Parceiros

Na avaliação do gerente Regional de Negócios da Caixa Rubens Fülber, o sucesso do Salão Imobiliário representa sucesso de financiamento para a Caixa. “Todos os expositores estavam animados com as vendas e com o fechamento de negócios realizados desde o primeiro dia. Isso confirma que o Salão está solidificado como um dos maiores eventos do setor em nosso estado”, considera. 

O gerente de Mercado Pessoa Física do Banco do Brasil, que pela primeira vez patrocinou o Salão, Irone Sidney, analisa que o Salão foi primordial para divulgação de suas linhas de financiamento imobiliário com um grande público. “Analisamos o Salão comparando ao evento em outros estados e pudemos perceber como esse evento tem força no setor imobiliário e principalmente, como tem um nome solidificado e com credibilidade para atrair os visitantes”, frisa. 

A gerente de agência do Banese, que também participou do SIMSE 2010 ressalta a credibilidade e tradição conquistadas ao longo destes anos, tanto em relação aos visitantes, como com as construtoras e outras empresas do setor, que não abrem mão de estar no pavilhão para mostrar seus produtos. “O Salão já é tradição e o Banese não poderia ficar de fora. Tivemos aqui a oportunidade de mostrar para um excelente público o nosso financiamento imobiliário”, comemora.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais