Saldo de Operações de Crédito do BANESE chega próximo a R$ 1 bilhão

0

Banese chega a R$1 bilhão em operações de crédito (Fotos: Lúcio Telles)
Reafirmando a força e a disposição em apoiar a economia sergipana na geração de emprego e renda, o Banco do Estado de Sergipe (Banese) está com saldo de operações próximo a marca de R$ 1 bilhão de reais, em operações de crédito para os sergipanos, segundo informações do presidente do banco, Saumíneo Nascimento.

A marca expressiva revela a presença marcante do banco no cenário econômico do Estado em todos os ramos de atividade do setor produtivo, com linhas de crédito específicas para cada segmento, a exemplo do: Crédito Imobiliário, Crédito Rural, Microcrédito, Crédito Industrial, Crédito Comercial, entre outros.

De acordo com levantamento realizado pelo Banese, milhares de pequenos empreendedores que atuam na informalidade foram beneficiados com financiamentos que vão de R$ 100 a até R$ 3.000,00 mil através do Microcrédito Banese, que totalizou um montante de R$ 87 milhões. Outros R$ 39 milhões destinados às áreas de produção, comércio e serviços, para a compra de mercadorias, maquinário ou reforma no estabelecimento de pessoas físicas e empreendedores de atividades produtivas de pequeno porte que possuíam ou pretendiam iniciar um empreendimento formal ou informal.

Setor Imobiliário

Presidente do Banese, Saumíneo Nascimento
O setor Imobiliário foi um dos mais beneficiados com o aquecimento das vendas de imóveis novos e usados, realizando o sonho da casa própria de muitos sergipanos, um total de R$ 50 milhões em financiamentos. Além disso, a geração de emprego e renda com o crescimento da industria da construção civil, através do surgimento de novos empreendimentos financiados diretamente pelo Crédito Imobiliário Banese, com recursos na ordem de R$ 40,5milhões.

Um outro bom exemplo da utilização dos recursos financiados pelo Banese, agora para o setor agrícola, foi à criação, em 2009, de uma linha específica para agricultores com dificuldades em decorrência da seca. Naquele ano foram disponibilizados recursos que se constituíram no principal instrumento de garantia mínima para os agricultores mais necessitados, exercendo um papel fundamental na melhoria da renda familiar dos produtores e na promoção do desenvolvimento sócio-econômico local, trazendo mais dignidade ao homem do campo. A carteira de Crédito Rural contabiliza cerca de R$ 73 milhões em recursos investidos.

Para Saumíneo Nascimento, presidente do Banese, chegar próximo à marca de R$ 1 bilhão se deve a um criterioso planejamento estratégico, executado de forma brilhante pelos funcionários do banco e principalmente pela confiança que os clientes têm na instituição Banese, como agente de desenvolvimento de Sergipe. ?O nosso objetivo é continuar avançando nas contratações de operações, consolidando a presença do Banese na economia Sergipana, destacando que a missão do Banco é promover o desenvolvimento de Sergipe fornecendo soluções financeiras, de forma sustentável, gerando valor para seus clientes e acionistas?, concluiu Saumíneo Nascimento.

Fonte: Ascom Banese

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais